Come, Thou Fount of Every Blessing

Certos hinos marcam.

Comunicam bênçãos eternas. Dá prazer em cantar e em ouvir o povo de Deus exaltando o Nome Preciso e acima de todos os nomes, nos Céus e na Terra. Eles anunciam o “evangelho da graça de Deus” (At. 20.24).

Com o desejo de ampliar o conteúdo do BLOG CAVALEIRO VELOZ, dediquei atenção ao belíssimo hino Come, Thou Fount of Every Blessing. Fazia tempo que o ouvi pela primeira vez, apenas orquestrado. Mas o nome do hino falou ao meu coração, e me dizia do apelo do letrista buscando a Fonte de Toda Bênção. Neste contexto o imaginei cristão fervoroso, conhecendo em Deus o Único capaz de nos suprir de todas as bênçãos espirituais em Cristo Jesus.

Deste hino aparecem cinco estrofes em http://nethymnal.org/htm/c/o/comethou.htm

Em The Voice of Thanksgiving, Number Five, n. 17 (Moody Press, 1946) aparecem as estrofes que apresento a seguir. Letra de Robert Robinson (1735-1790) e Música de John Wyeth (1770-1858). Mas existem diferenças no conteúdo das versões para o português no Cantor Cristão, n. 132, 14ª. Tiragem, 1963; e no Hinário Para o Culto Cristão, n. 17, 1ª. Ed., 1992. Na WIKIPEDIA aparecem outras versões. Nos EUA a melodia é conhecida pelo nome de NETTLETON.

1 Come, Thou Fount of every blessing, Tune my heart to sing Thy grace;
Streams of mercy, never ceasing,
Call for songs of loudest praise.
Teach me some melodious sonnet, 
Sung by flaming tongues above.
Praise the Mount! I’m fixed upon it, 
Mount of God’s redeeming love.
2

Here I raise mine Ebenezer; Hither by Thy help I’m come;
And I hope, by Thy good pleasure,
Safely to arrive at home.
Jesus sought me when a stranger,
Wandering from the fold of God;
He, to rescue me from danger,
Interposed His precious blood.
3

O to grace how great a debtor Daily I’m constrained to be!
Let that grace now like a fetter,
Bind my wandering heart to Thee.

Prone to wander, Lord, I feel it, Prone to leave the God I love;
Here’s my heart, O take and seal it, 
Seal it for Thy courts above.

Então, apresento-lhes Come, Thou Fount of Every Blessing como se encontra e BryonDavis

[ http://www.youtube.com/watch?v=mUhU0HgTq94&feature=related ]

Não teria melhores condições de comentar a fraseologia e teologia na construção deste belo poema que proclama grandeza da salvação que nos foi oferecida. Portanto, acompanho o texto de EDUARDO MANO que, agradecidamente, transcrevo.

História e Conteúdo Teológico do Hino Fonte És Tu de Toda Benção

http://merocristianismo.blogspot.com/2006/11/histria-e-contedo-teolgico-do-hino.html

Recentemente inclui no repertório de minha banda o hino “Fonte És Tu de Toda Benção”. Tendo crescido em uma Igreja Batista tradicional, os hinos têm cercado toda minha vida. Quando recém-nascido, meus pais e minha avó materna, ao tentar me fazer dormir (ênfase no tentar), cantavam os hinos do Cantor Cristão até que eu pegasse no sono – o que demorava um bocado.

Ao contrário da maioria das pessoas de minha geração, eu preciso dizer que os hinos me enriquecem muito mais do que os cânticos, espiritualmente falando. A riqueza teológica encontrada na maioria deles é abundante e excelente para nos trazer discernimento e direção.

Voltando ao assunto, começamos a tocar esse hino em nossas ministrações, e como ele deve ser uma constante (junto a outros hinos) em nosso repertório, gostaria de trazer um pouco de conhecimento aos irmãos, contando a história do autor, Robert Robinson, e falando da teologia que encontramos em suas linhas.

Robert Robinson

Robert Robinson nasceu na Inglaterra, no dia 27 de setembro de 1735. Perdeu seu pai ainda muito jovem. Embora sua mãe tenha sofrido muito com a perda do marido, principalmente dada a situação econômica da família, a história a tem como uma mulher de Deus que não se deixava abater pela situação.

Sua mãe tinha o desejo de que ele se tornasse um ministro da Igreja da Inglaterra, mas não havia como manter seus estudos. Com isso, ele foi matriculado em um curso de barbearia, para que aprendesse o ofício. O barbeiro mestre logo percebeu que o rapaz levava mais jeito para a leitura do que para as tesouras e navalhas.

Aos 17 anos, Robinson assistiu a um culto onde George Whitefield, famoso avivalista inglês, pregava, e a mensagem, baseada em Mateus 3:7 deixaria profundas marcas nele. Até os 20 aos, ele andou em tristeza e escuridão, mas então encontrou a paz, e escreveu contando tal relato ao Rev. Whitefield.

Após isso, ele passou a freqüentar igreja Metodista Calvinista, mas logo transferiu-se para uma congregação independente, onde iniciaria seu ministério como pregador. Depois de um tempo, aceitou o convite de uma Igreja Batista para ser seu pregador, e nesta Igreja trabalhou até perto de sua morte. Durante seu ministério, além dos hinos que compôs, escreveu tratados teológicos, livros e uma história dos batistas na Inglaterra. Morreu precocemente, aos 55 anos, no dia 9 de junho de 1790, mesmo ano em que se aposentou.

Inclinado a abandonar a Deus

A vida de Robinson não terminou da maneira como nós esperaríamos de alguém tão envolvido com a causa do evangelho. Nos anos finais de sua vida, envolveu-se com os unitarianos (seita herética que não crê na doutrina da trindade, negando a divindade de Cristo). Conta-se que, idoso, trabalhava como cocheiro na Inglaterra e levava uma dama que estava compenetrada na leitura de um hinário. Buscando encorajá-lo, ela perguntou o que ele achava do hino que ela estava murmurando (sendo este o hino Fonte És Tu de Toda Benção). Então, Robinson, em pranto, disse a ela: “Madame, eu sou o pobre e infeliz homem que escreveu este hino há muitos anos atrás, e eu daria mil mundos, se os tivesse, para desfrutar dos sentimentos que um dia tive”.

A Teologia do Hino – Original em Inglês

Sendo um dos mais lindos hinos da hinódia protestante, “Come Thou Fount of Every Blessing” (título original em inglês) foi escrito por Robinson aos 22 anos de idade, em 1758, como um poema que encerrava uma de suas mensagens. As três estrofes do hino são uma grande exaltação a Deus (1º estrofe), submissão à soberania de Cristo e reconhecimento de Sua fidelidade e amor (2ª estrofe) e uma confissão de arrependimento e uma busca pela presença de Cristo (3ª estrofe).

Abordemos cada uma das estrofes individualmente, com sua devida tradução:

(1) Come, Thou Fount of every blessing, tune my heart to sing Thy grace;
(2) Streams of mercy, never ceasing, call for songs of loudest praise
(3) Teach me some melodious sonnet, sung by flaming tongues above.
(4) Praise the Mount! I’m fixed upon it, Mount of God’s unchanging love.

1 – Vinde, Fonte de toda benção, afina meu coração para que eu cante de Tua graça – O autor afirma (como têm afirmado toda a Ortodoxia Cristã) que Deus é o único provedor de bênçãos. Quando Paulo diz, em Romanos 11:36, que “Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas”, podemos dizer que só alguém que detêm tudo pode ser a fonte de algo – no caso, as bênçãos.

O pedido feito na frase é que Deus venha e mude seu coração (que o afine, como se afina um instrumento musical) para que assim ele possa cantar da graça de Deus da melhor forma possível, uma vez que o coração humano, maculado pelo pecado, não tem condições de cantar corretamente acerca de tal graça.

2 – Córregos de misericórdia, que nunca se esvaem, pedem canções de louvor jubilosas – A graça e misericórdia de Deus nos alcançaram sendo nós ainda pecadores, e mais ainda, sem que nem mesmo tenhamos nascido. A consciência deste fato nos leva a uma profunda reverência e sentimento de gratidão, que nos levam a exaltá-Lo e cantar de Sua provisão. Há uma clara ênfase no fato de que existe júbilo e barulho (na utilização do termo loud, alto volume em inglês) nestas canções de louvor – fruto, certamente, de um coração intensamente grato.

3 – Ensina-me algum melodioso soneto, entoado por línguas flamejantes nos céus – O autor suplica a Deus que lhe ensine alguma das canções de louvor entoadas nos céus, o que significa que existe o desejo de louvar a adorar a Deus de maneira plena e perfeita, como acontece no céu. A referência às línguas de fogo, como descritas em Atos 2, no evento do Pentecostes, tem o intuito de dar caráter espiritual a este louvor.

4 – Louvado seja o monte! Estou nele firme, o monte do amor imutável de Deus – Ao louvarmos um dos atributos de Deus, estamos louvando o próprio Deus. Deus é amor, justiça, graça, misericórdia e assim por diante. O autor afirma estar firmado no monte do amor imutável de Deus, pois definitivamente este á um lugar seguro para se estar, uma vez que este amor, além de imutável, é inabalável.

(5) Here I raise my Ebenezer; hither by Thy help I’m come;
(6) And I hope, by Thy good pleasure, safely to arrive at home.
(7) Jesus sought me when a stranger, wandering from the fold of God;
(8) He, to rescue me from danger, interposed His precious blood.

5 – Aqui ergo meu Ebenézer, até aqui Tu me ajudastes a chegar – A palavra Ebenézer, em hebraico, significa pedra de salvação (altar memorial à salvação), e é uma referência a 1º Samuel 7:12, onde lemos: “Então Samuel tomou uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e lhe chamou Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor.” O autor diz que levanta um altar, pois é grato a Deus pela Salvação que Ele proporcionou através do resgate pago por Cristo.

6 – E espero, por Teu bom prazer, chegar seguro ao lar – A esperança do cristão é ir para o céu, seu lar junto a Deus. Essa esperança é baseada em Cristo e na eficaz salvação que Ele proporciona. O autor diz que espera chegar ao céu se assim for o bom prazer de Deus, ou seja, ele está plenamente entregue à soberania do Senhor.

7 e 8 – Jesus me procurou sendo eu um estranho, vagando longe do aprisco de Deus / Ele, para salvar-me do perigo, interpôs com Seu precioso sangue – “Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós.” (Romanos 5:8). Não há em nós mérito para que sejamos salvos. Jesus, como o Bom Pastor da parábola das 99 ovelhas (Lucas 15:4-10), nos busca nos lugares mais remotos e escuros, pois convém que assim sejamos resgatados para que os eternos propósitos de Deus se cumpram. A única forma de estarmos plenamente limpos e seguros é que Ele nos lave de nossas impurezas, através de Seu precioso sangue. Quando o autor sugere que Cristo interpôs com Seu sangue, diz exatamente que Ele agiu como mediador junto ao Pai, resgatando-nos das garras do diabo.

(9) O to grace how great a debtor daily I’m constrained to be!
(10) Let that grace now like a fetter, bind my wandering heart to Thee.
(11) Prone to wander, Lord, I feel it, prone to leave the God I love;
(12) Here’s my heart, O take and seal it, seal it for Thy courts above.

9 – Diariamente, sou constrangido a ser devedor a esta graça – A Salvação provida por Deus, embora gratuita, requer que nos tornemos responsáveis. Ao dizer que somos devedores à graça de Deus, o autor acertadamente afirma que pagaria tal dívida através da observância da palavra de Deus e de Suas ordenanças – uma pena que Robinson, no final de sua vida, tenha deixado tais verdades tornarem-se mentiras em seus lábios. Mas glória a Deus, pois assim aprouve o Soberano. Somos constrangidos a sermos devedores justamente pela abundancia da graça – algo inimaginável a nós, perdidos pecadores.

10 – Que esta graça, como uma algema, prenda meu coração desgarrado a Ti – A idéia do autor é dizer que somos cativos a Deus, através do sacrifício redentor de Cristo na Cruz. A teologia reformada ensina que a graça de Deus é irresistível e que a salvação oferecida por Deus é eterna. Talvez a imagem de um par de algemas seja a ideal, uma vez que apenas quem mantém alguém cativo detém a chave para abri-la novamente – e no caso de Deus, Ele não irá abrir a algema de ninguém que mantenha cativo.

11 – Inclinado a desgarrar-me, Senhor, inclinado a deixar o Deus que amo – Entendo que esta seja a mais autobiográfica das frases do hino escrito por Robert Robinson. Os historiadores contam que as transições de igrejas que fez ao longo de sua vida demonstram seu caráter instável, e já sabemos que ao final da vida ele de fato deixou o Deus que um dia amou. A grande questão é, não somos todos nós assim? A Bíblia nos ensina que não há um justo sequer (Romanos 3:10), e que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Romanos 3:22-23). A condição que afetava Robinson é a que nos afeta hoje, somos como que “santos pecadores”.

12 – Eis meu coração, ó, toma-o e sele-o, sele-o para Tuas cortes celestiais – Um pecador contrito, na presença de Cristo, tende a oferecê-lo seu bem mais precioso, entendendo que nada mais faz sentido sem Cristo. Esse bem é a vida. Na Cruz, quando nosso Senhor estava sendo preso, havia ao seu lado um ladrão que reconhecia que em Cristo não havia erro condenável, e que Ele era inocente de sua acusação. Reconhecendo que Cristo era Deus (Lucas 23:40), pediu que Cristo, quando entrasse em Seu reino, lembrasse dele. Esse ladrão pediu ao Senhor que lembrasse de sua vida pois entendia que naquele momento, ninguém mais se importaria com ele, a não ser o próprio Deus.

Quando o autor diz que quer ter seu coração selado para as cortes celestiais é por entender que apenas naquele lugar seu coração estará livre de tentações e da maldade. Pedindo que Deus feche nosso coração estando nós no mundo, pedimos que Ele o tranque de forma que a maldade do mundo não o tome, e que ele seja para sempre cativo de Deus.

A Tradução para o Português

“Fonte és Tu de Toda Benção” foi traduzido para o português no ano de 1881 pelo Reverendo Justus Henry Nelson (1849–1931), que também traduziu e compôs outros hinos, entre eles: “Cantai que o Salvador Chegou” (HCC 106, tradução), “Mas Eu Sei em Quem Tenho Crido” (HCC 447, tradução) e “Meu Deus Proverá” (HCC 349, composição). O Reverendo Justus foi um homem muito importante para o crescimento evangélico no país, tendo plantado inúmeras Igrejas Metodistas no norte e nordeste do País.

Como é de se esperar, há diferenças entre o conteúdo do original em Inglês e a versão em português. Para que seja mantida a métrica e a forma estrutural do hino, não há como fazer uma tradução estrita, palavra por palavra.

Eis a letra em português, e em seguida, uma análise das frases com maior diferença de conteúdo entre o original e a versão.

(1) Fonte és Tu de toda bênção, vem o canto me inspirar
(2) A misericórdia Tua quero em alto som louvar
(3) Ó ensina o novo canto dos remidos lá nos céus
(4) Ao Teu servo e ao povo santo, p’ra louvarmos-Te, Bom Deus

(5) Cá meu Ebenézer ergo, pois Jesus me socorreu;
(6) E, por Sua graça, espero transportar-me para o céu.
(7) Eu, perdido, procurou-me, longe do meu Deus, sem luz;
(8) Maculado e vil, lavou-me com Seu sangue o bom Jesus.

(9) Devedor à Tua Graça cada dia e hora sou
(10) Teu cuidado sempre faça com que eu ame a Ti, Senhor
(11) O meu ser é vacilante, toma-o, prende-o com amor
(12) Para que eu a todo instante glorifique a Ti, Senhor

Em 1, ao pedir que Deus inspire o canto, é uma forma de afirmar que nada vale a pena ser cantado, a não ser a Glória e Beleza de Deus, mas mesmo assim, esse canto a Deus precisa ser feito de maneira reverente e plena. Em 2 e 3 há uma idéia de continuidade nas frases que não é vista no original em Inglês. Não há a referência ao Monte do Amor de Deus. Antes, ao dizer tais frases o tradutor pede para que o Senhor leve Seu povo e Seu servo a um louvor uníssono, com coração reto. Por isso a referência aos remidos nos céus – uma vez que eles já tiveram suas vestes lavadas no sangue do Cordeiro e estão para sempre no gozo do Senhor.

A segunda estrofe (versos 5 a 8) é bem semelhante em conteúdo ao trecho original, distinguindo-se apenas na última frase, quando em português, há uma referência muito bem feita e adequada ao nosso estado de imundície antes de sermos remidos no Sangue de Cristo.

Já na última estrofe, as diferenças são as seguintes: em 10, somos lembrados da parábola do Bom Pastor, então temos a referência de que o amor que sentimos por Deus só é possível por ter Ele nos amado primeiro. Sendo assim, se permanecemos amando ao Senhor, é unicamente pelo cuidado que Ele tem conosco. Em 11 e 12, vemos que o homem é inclinado ao pecado. Esta verdade é sustentada biblicamente, e também é sustentada pelos pais da Igreja e pelos teólogos ortodoxos. O que nós queremos é o mal, ou como o Apóstolo Paulo bem disse, em Romanos 7:18, “não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse pratico.” Mais uma vez, a dependência na soberania de Deus nos leva a crer que nada podemos fazer por nossas próprias forças, e assim, o autor confia que Deus há de prendê-lo e tomá-lo de forma eficaz, para que assim, toda sua vida seja em louvor a Deus.

Uma exortação

A vida de Robert Robinson, bem como seu hino, são um atestado e exortação a todos nós cristãos modernos. Há ventos de doutrina, prazeres e correntes prontos a nos arrastar para a escuridão, mas uma vida fundamentada na Soberania de Deus, irá prevalecer, assim como a casa que é construída sobre a Rocha.

Robinson não foi o primeiro exemplo de um homem que deixou um legado importante para a história do Cristianismo mas que falhou em perseverar no Caminho. Infelizmente, podemos ter igual certeza de que ele não foi o último. Diariamente homens e mulheres de Deus são tentados a desviarem-se do Caminho da Cruz, e muitos o fazem. Essa é nossa natureza, nossa principal inclinação.

Que possamos meditar e nos regozijar na Salvação ofertada por Deus através de Cristo, e que este hino sirva para nosso crescimento espiritual.

Soli Deo Gloria!

Eduardo Mano

NOTAS:

Consulte a Categoria Cantai ao SENHOR.

Evite postar comentário em CAIXA ALTA (letra maiúscula).

 

 

 

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Acorda, Maranata!, BOM DIA!, Cantai ao SENHOR, GRAÇA e JUÍZO, Vivendo "igreja de Deus...corpo de Cristo". Bookmark o link permanente.

38 respostas para Come, Thou Fount of Every Blessing

  1. Que linda herança!
    Hino que eleva nossa alma a Deus.

    Humildade, irmãos! Esse é o conselho. Humildade para reconhecer que somos seres frágeis e inclinados a nos desviar do Evangelho de Jesus. Reconhecer isso é uma atitude de prudência e o artigo faz este alerta.

    “Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos.” Sl.73:2 (leiam o salmo todo)

    Tenham um fim de semana alegre e abençoado com esse hino.

    A paz do Senhor Jesus.
    Eurípia Inês.

  2. Martinha Lutera disse:

    C.V.

    A graça e paz do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

    Querido irmão, que dos altos céus nosso Deus soberano e rei te abençoe e ao teu trabalho neste blog que auxiliou a mim e a muitos a nos desvencilharmos das amarras que nos prendiam, nos tornando escravos de uma seita maligna que por vários anos nos ensinou somente o mal.

    Mas graças ao Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, hoje já sem a trave nos olhos podemos olhar novamente para o Autor e Consumador da nossa fé.

    Irmão amado, olhando um dia desses a listas dos pastores que saíram da Seita Maranata pude ver ali dois nomes de pastores que constam como retirantes, mas que na verdade não o são: Pastor Maurílio e Pastor Leandro (Juiz de Fora).

    Realmente aqui em nossa cidade comentou-se muito da saída deles, mas na verdade eles não saíram. É uma lástima, irmão, pois infelizmente eles continuam à frente de igreja e firmes na ‘oubra’ (…). É triste ver que aqueles que por tanto tempo se consideraram ‘valentes’ são no fundo os mais covardes.

    Paz e Graça de nosso Salvador Jesus Cristo.
    .
    .
    Olá, Martinha Lutera, graça e paz em Cristo

    Alguém apareceu no ORKUT com certa “lista” de pastores egressos da ICM-PES como se fossem corajosos retirantes do sistema pseudocarismático. Houve quem enviasse para publicação; mas esta lista não me mereceu crédito. Li apenas alguns dos primeiros nomes… e deixei pra lá…

    Alguns deles falam em saída e outros até chegaram a anunciar o fato; mas há aqueles que ao $$$erem convidado$$$$ alcançam outra vi$ão e depre$$a retornam. O chefe-mor conhece a fraqueza de$$es tai$ como a $i me$mo. Tai pai tais filho$.

    Em relação à promessa do retorno do Messias Jesus existem de duas maneiras de viver para o crente, seja ele quem for (Lc. 12.42-49):

    “Quem é, pois, o mordomo fiel e prudente, a quem o senhor confiará os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu tempo?
    Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim.
    Verdadeiramente, vos digo que lhe confiará todos os seus bens.
    Mas, se aquele servo disser consigo mesmo: Meu senhor tarda em vir, e passar a espancar os criados e as criadas, a comer, a beber e a embriagar-se, virá o senhor daquele servo, em dia em que não o espera e em hora que não sabe, e castigá-lo-á, lançando-lhe a sorte com os infiéis.
    Aquele servo, porém, que conheceu a vontade de seu senhor e não se aprontou, nem fez segundo a sua vontade será punido com muitos açoites.
    Aquele, porém, que não soube a vontade do seu senhor e fez coisas dignas de reprovação levará poucos açoites. Mas àquele a quem muito foi dado, muito lhe será exigido; e àquele a quem muito se confia, muito mais lhe pedirão.
    Eu vim para lançar fogo sobre a terra e bem quisera que já estivesse a arder.”

    Retirantes, sejam fortes e lembrem-se a mulher de Ló.

    CV.

  3. Uma jovem dos olhos de Deus disse:

    Irmãos a paz do Senhor!

    Ah… como eu amo hinos de hinário! A experiência desse irmão, parece um pouco com a minha, antes de ingressar na icm de 7 para 8 anos, os hinos que eram cantados em minha casa, eram dos hinos e canticos (ocupa o 2° lugar entre os hinários mais antigos). Hinos de Richard Holden, Stuart Edmund Mc Nair, George Howes enchem a nossa alma, pois são letras e melodias simples, que realmente exaltam a soberania de Cristo.

    Na icm tem vários cânticos lindos, mas posso afirmar que a maioria dos cânticos (letra) exaltam a “oubra”. É aí que mora o perigo, quando deixamos de exaltar o soberano Deus, para engrandecer uma denominação. Muitos louvores da icm, ajudam na formatação das mentes dos icemitas.

    Infelismente, nos dias atuais faltam compositores realmente ispirados por Deus ( Geral). Os hinos gospel de hoje, não me tocam nem um pouquinho, é muito ritmo, repetição, pouca letra e melodia pobre.

    A igreja atual, precisa redescobrir o hinário, e louvores dos grupos passados como: Som Maior, Ozéias de Paula, Sara Araújo ( 1° cantora solista no Brasil), Quarteto Davis, Nova Dimensão, dentre outros já esquecidos por essa geração tão esquisita!

    Para os irmãos que nunca ouviram falar desses grupos e cantores, basta procurar em vídeos na net.

    Boa noite!

  4. João de Carvalho disse:

    A Paz do Senhor.
    Li o post e achei muito interessante, e concordo que o que tem tocado nas igrejas em sua maioria, tem uma mensagem imbutida na letra, mas em sua maioria conduzindo o ouvinte a adorar alguem ou alguma coisa deste mundo e não a Deus. Se vê muito indivualismo, eu em particular gosto muito dos louvores que se encontram no Cantor Cristão. Tanto é que continuam sendo usados em muitos lugares, mas infelizmente misturam muitas coisas que não condizem com a Palavra de Deus, principalmente nas seitas como a icm.

    Continuo acompanhando este Blog, pois sempre tem uma mensagem de encorajamento e de denúncia de coisas que muitas das vezes e por anos não conseguimos ver e aqui nos mostra claramente, e depois é só irmos constatando em nosso dia-dia.

    Estou preparando o terreno e em breve darei gloras e aleluias a Deus por sair da seita maranata, prometo que postarei aqui para que nos alegremos juntos, pois sabemos que os irmãos tem orado por todos que estamos neste processo de saida e aos que estão machucados por tantas maldades naquele lugar ao qual nos entristeceram tantas vezes.

    A Paz do Senhor.

  5. Firme nas promessas disse:

    Irmãos, Graça e Paz
    É bem verdade que os hinos de hinários falam do Evangelho da Graça e nada se compara às suas mensagens de Salvação em Jesus. Pena que ao longo do tempo foram sendo deixados de lado e até mesmo esquecidos, dando lugar aos compositores novos, que como foi bem colocado por nossa irmã, uma jovem aos olhos de Deus, pobres no conteúdo.
    Resgatar estes hinos dos hinários seria para a igreja um bom recurso para desintoxicação, não é verdade? Fica então como um pedido…
    .
    .
    Olá, Firme nas promessas

    Graça e paz

    Atendendo ao seu pedido ai está um coleção excelente da Hinódia Cristã

    http://www.hinarioevangelico.com/

    E essa instrumental com hinos avulsos…

    CV.

  6. Sthefania disse:

    Que maravilhoso é poder louvar o nosso Deus todo poderoso, com hinos de louvor, hinos maravilhosos…

    Hinos seculares muitas vezes, tal como “O Store Gud”, um dos meus preferidos, escrito por Carl Boberg (grande servo do Senhor), em 1885, hoje conhecido por todos cristãos como “Quão grande és Tu”, e publicado pela primeira vez em 1886 em “a Folha de Monsteras” na Suécia.

    Fiquei muitissimo feliz com este tema sobre hinos… Pois o que eu mais gosto nos irmãos em Cristo Jesus, é de vê-los louvando o nosso Deus através de hinos, muito mais do que de orações (embora exista orações muito boas também), porque os louvores através de hinos são uma forma de exaltação ao Nosso Deus, das mais lindas que há…

    CV, que tema lindo… Que maravilhoso é esse refrigério para nossa alma…

    Que Deus continue cuidando das nossas vidas…

    Tenha misericódia das nossas falhas… Amém irmão.

    Desejo a todos nesse domingo, a paz que só o Senhor pode dar… Amém…
    .
    .
    Olá, Sthfania, graça e paz

    A está o hino de sua preferência

    How Great Thou Art(Instrumental)

    Paz

    CV

  7. Ovelha sem nome disse:

    Queridos irmãos APDS,

    Nunca escrevi nada. Sou da ICM. Estou na igreja ha mais de 15 anos, mas fui apresentado na Assembléia. Bom, quero resumir o que estou passando. Em tópicos pois são tantas coisas que queria poder dizer ao meu pastor mas não posso, pois seria posto de joelhos e executado, com o seu pelotão de fuzilamento os DC E Obr. Enfim…algumas coisas que me deixam triste.

    1 – Acho uma bênção os cultos de Domingo, onde estão pregando uma palavra ampla, sem denominacionismo.

    2 – De segunda a Sexta e aos sábados, (incluindo reuniões de obreiros) estão defendendo a Igreja Fiel (antiga obra).

    3 – ah, sempre que dizem igreja fiel, o pastor aponta para o púlpito batendo com o dedo indicador, ao qual me passa claramente (em mensagem não verbal) a intenção de dizer que nossa igreja é a IGREJA FIEL. Acho errado, tem irmãos em outras igrejas que são muito fiéis a Deus tanto ou mais que nós, ou eu.

    4 – Acredito no clamor pelo Sangue de Jesus, mas aprendi que se clamando no inicio do culto profético não é necessário clamar em toda a oração, pois se clamou você já está nos santos dos santos. Hoje estamos clamando pra tudo, até nas intercessões. Já ouvi até “Senhor, intercedo pelo sangue de Jesus”. Daqui a pouco estaremos clamando até para dar A Paz do Senhor. Se clama, Deus te aceita na sua presença (pois você creu na morte e ressureição de Cristo), mas levar isso como uma reza ou um costume, palavra vãs !!! até quando ??? Até onde sei, o sumo sacerdote entrava pelo sangue e com o sangue do cordeiro, uma vez. Não entrava e saia. O que quero dizer que de uma intercessão a outra, ou uma consulta para um dom a outro, não é necessário clamar, pois a cobertura do sangue de jesus já está estabelecida no primeira clamor ! não podemos tornar isso reza !! mas como dizer isso ao meu pastor !!!

    5 – gostaria de ter o mesmo sentimento que eu tinha antes, de crer piamente no que é revelado no PES; ir em todas as reuniões achando que estava fazendo a obra. Só que não consigo mais. Para uns estarei caído, mas para mim mesmo, melhorei ! Não deixei de ir na ICM, ainda, mas não estou me cobrando tanto ! Estou professor e faço parte do Grupo de Intercessão, mas estou com vontade de sair, mas o pastor nao me dá liberdade para conversar sobre isso. Meu medo é que depois de expressar tudo que penso é eu ser escurraçado, pois não quero trazer luta para meu lar. Amo os irmãos e sei que perderia o contato com eles se eles saberem o que penso !

    6… vou parar por aqui mas tem tanta coisa… mas estou melhor, não sai da igreja, ainda acho que se buscarmos ao Senhor de coração o Senhor me ouve. Mas agora estou de certa forma, com liberdade de visitar outras igrejas, coisas que eu mesmo abominaria em fazer uns anos atras !!

    7 quando eu achar uma igreja que me sinta que as pessoas venham me amar (não só no início) e que elas não me julguem pelo que estou fazendo na igreja ou se eu estou de terno e gravata, eu aviso vocês !

    a paz do Senhor Jesus.

    Estejam em paz com o Senhor, independentemente se estão indo na ICM ou não. Peçam ao Senhor que testifiquem cada pregação dos Pastores, porque por mais que estejam com boa vontade, podem errar.

    att

    Ovelha sem nome (pois se falo o meu nome minha vida acaba com tantos dons manipulados que virão)

  8. Liberto da Escravidão! disse:

    Irmão CV, a Paz do Senhor Jesus!

    Este novo assunto sobre louvor fez renascer em mim um desejo que tenho há muito tempo de formar um grupo masculino para o louvor do Senhor e gostaria de saber se o irmão poderia me ajudar na formação deste grupo.

    Eu não gostaria de colocar meu telefone no blog, não que eu tema alguma coisa, somente para evitar momentos inconvenientes com algumas pessoas, porém farei o que o irmão achar melhor.

    Eu preciso deixar uma mensagem no blog convidando aos irmãos (varões) a principio, que amam louvar ao Senhor e tenham voz, tenham compromisso, comunhão com o Senhor e amem este trabalho com grupo masculino, para fazerem parte deste trabalho.

    Se o irmão puder me ajudar neste trabalho, pois entendo, seria uma bênção para os irmãos que saíram da icm e lá louvavam ao Senhor e agora não tem tido esta oportunidade, seria um espaço que estaríamos abrindo para todos esses irmãos.

    Sua ajuda é importante e gostaria de saber qual a melhor maneira de fazer esta convocação. Estarei atento à sua palavra.

    Só para esclarecer, neste primeiro momento estarei fazendo como se fosse um cadastro, pegando os contatos para ligar para os irmãos e podermos depois definir o início desse trabalho.

    Bem é isso, aguardo seu retorno e fique na Paz do Senhor Jesus!

  9. Uma jovem dos olhos de Deus disse:

    A paz do Senhor Jesus!

    Observem a letra desse louvor da icm:

    Obra de Davi

    Há uma obra que Deus quer fazer
    Obra de santidade e de poder
    Quem esta disposto a se consagrar
    E a arca de Deus aos ombros carregar.

    Desce ao ribeiro e enche o coração
    Terás vitoria na revelação
    Com óleo de poder Deus te ungirá
    Jamais vazia a espada voltará.

    Analisando “álem da letra” podemos concluir que:

    Os dois primeiros versos descarta todo o trabalho realizado por cristãos de diferentes denominações espalhados na face da terra, inclusive os primeiros cristãos da época do NT. De acordo com a letra, Deus quer fazer uma obra, dando idéia que Ele ainda não fez, e que a obra de santidade e de poder se encontra na icm!

    Na segunda estrofe, os dois primeiros versos, deixa claro que a vitória do crente é na revelagem, contrariando os ensinamentos bíblicos, que adverte a todo o momento a importância da oração, da leitura e prática da palavra de Deus, além da vigilância e amor ao próximo!

    E então icemitas…. compreenderam? Jamais podemos trocar a palavra de Deus por revelagens, visagens, profetagens! É a palavra de Deus que edifica, ensina, corrige, e não revelagens fajudas e farisáicas! Aprendam a lição por favor!

    Irmãos, tem mais hinos para ser verificado “além da letra”, vou deixar para outro momento.

    A paz de Cristo!

  10. Livre em Jesus disse:

    Ao irmão(ã) “Ovelha sem nome” (26 de setembro de 2012 às 20:48):

    Sabemos bem o que está sentindo.

    Recomendo a leitura do livro “Por que Você Não Quer mais Ir à Igreja?: uma história sobre o verdadeiro sentido do amor de Deus” (Wayne Jacobsen, 2009, Ed. Sextante).

    Você se surpreenderá com o propósito que o Senhor tem para a sua vida.

    Graça e Paz.

  11. Virginia disse:

    Querido amigo CV, sei que esse post fala de adoração a Deus através do mais puro louvor, mas se me permite postar para fortalecimento dos queridos e amados irmãos:
    “A vida me ensinou três passos importantes…
    Se você é cristão confie somente no que a Palavra diz, leia a Bíblia!
    Não confie em ninguém…
    Se você crê na Bíblia não faça o que dizem que é para ser feito, confira na Palavra!
    E faça tão somente o que estiver escrito, pois Ela já é a revelação de Deus…
    Se você acha que o que todos fazem parece ser o mais correto a fazer e te leva ao Pai! Duvide, conteste, questione…
    Certifique-se pois só há um Caminho…
    Esse Caminho é Jesus, que está descrito na Bíblia!
    Mais uma vez, leia a Bíblia…”
    por Virginia Farias

    Aproveito o encaixe de Fernando Sabino:
    “De tudo ficaram três coisas…
    A certeza de que estamos começando…
    A certeza de que é preciso continuar…
    A certeza de que podemos ser interrompidos
    antes de terminar…
    Façamos da interrupção um caminho novo…
    Da queda, um passo de dança…
    Do medo, uma escada…
    Do sonho, uma ponte…
    Da procura, um encontro!”
    Deus nos abençoe nessa busca incansável de Deus!

  12. Marcela Rios disse:

    i never lost my praise – legendado

    Beleza!

  13. Firme nas promessas disse:

    Graça maravilhosa que o Senhor nos oferece e Seu grande amor por nós manifestado através de Seu Filho Jesus.

    Maravilhoso!!!

  14. Sthefania disse:

    Irmãos por favor!!!! Postem o maior número de louvores que puderem…

    Pois além da oração, este é o meio mais bonito de se aproximar das coisas de Deus, do seu imensurável e maravilhoso amor para conosco…

    Existem muitos louvores que nos tocam, tocam o nosso mais profundo ser, então que compartilhemos…

    É importante que em tudo que façamos na vida, façamos com amor (amor ao próximo principalmente), este também é o principal mandamento que o Senhor nos deixou…

    Tendo em vista o grandioso amor que Deus teve para conosco, enviando seu único filho amado Jesus, para morrer na cruz do calvário, sendo nós tão imerecedores de tão grande amor, possamos cantar e louvá-lo a cada oportunidade que temos…

    E que bom que o CV abriu este tema, para acalantar os nossos corações, e que possamos postar o máximo desses louvores na maioria das vezes tão lindos…
    Que Deus abençoe nossas vidas, compartilhemos…
    .
    .
    Sthefania, graça e paz

    Merecedor é o Cordeiro sentado no trono.
    Agora, ao lado do Altíssimo, Jesus reina vitorioso.
    Aleluia!

    CV.

  15. expectador disse:

    Maravilha!

    Gostei muito da clareza e da profundidade com que se explica a autoria desse hino ou novo cântico ao Senhor, nosso Deus! Só através de uma intimidade e comunhão plena com o Senhor podemos alcançar essa benção.

    As vezes eu me pergunto quais seriam os louvores que Paulo e Silas cantavam quando estavam encarcerados…

    Ao ponto do lugar se tremer, as cadeias de todos se abrirem…

    A pouco tempo ouvi uma mensagem que dizia que o louvor para ser aceito pelo Senhor, vc teria que ser participante fiel dos cultos, GA e outros envolvimentos dentro da ICM.

    Nós temos conhecimento de muitos irmãos que saíram da ICM muito machucados porque eram descartados, pois antes de vir pra ICM tiveram outros envolvimentos. E era colocado um limite para eles, “vc só pode ir até qui!”.

    Me veio a mente um culto longe daquele quadrado, longe daquela forma, onde os louvores teriam um sentido real, de acordo com a palavra.

    Exemplo: Esse irmão ferido ouvir o seguinte louvor: “EU QUERO SER SENHOR AMADO, COMO UM VASO NAS MÃOS DO OLEIRO”, e poder sentir com toda liberdade que o Senhor vai quebrá-lo, como um vaso, e refazê-lo, e torná-lo apto para ser cheio do Espírito Santo, sem o dedo do homem para apontar limites.

    Como é bom vc ouvir um louvor e poder saber que vai fazer sentido para sua vida no lugar em vc estiver.

    Um abraço.

    A paz do Senhor Jesus!

    Deus é maravilhoso!

  16. Firme nas promessas disse:

    Me permita CV
    Mais um que mostra a Graça plena de Deus.
    Sejamos abençoados com essa Graça!

    Graça e Paz

  17. Firme nas promessas disse:

    Amados irmãos Graça e Paz

    Faço voltar à memória este hino que faz parte da alma do BLOG e talvez alguns dos amados ainda não tiveram a oportunidade de ouvi-lo. Então, este é o momento de apreciar este cântico e o artigo.
    Nota-se a data de sua publicação e de como está presente em nós até a presente data.
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/12/eu-e-o-meu-tambor/
    O autor do artigo mostra de maneira ímpar a mais bela história que mundo já pôde conhecer.
    Glórias sejam dadas ao Nosso Deus!!! Nas entrelinhas ele faz um apelo a cada um retirante no sentido de dar o seu melhor a Jesus, o Senhor de todos.

  18. M. Durão disse:

    Maravilha!

    O inconfundível Tu és Fiel, SENHOR

  19. CV disse:

    O Light Everlasting,
    O Love never failing.
    Illumine our darkness and draw us to thee.
    May we from thy Spirit receive inspiration
    As children together thy wisdom may see.
    Make known to all nation thy peace and salvation,
    And help us O Father, thy temple to be.

    Ó Luz Eterna
    O amor que nunca falha
    Ilumine nossas trevas atraia-nos a Ti
    Que do Teu Espírito recebamos inspiração
    Como filhos, juntos, podemos ver Tua sabedoria
    Dar a conhecer a todas as nações Tua paz e salvação
    E nos ajudar ó Pai a ser Teu templo.

    Light Everlasting (St. Olaf Choir)

    Agradeço melhor tradução.

    CV.

  20. Roberto disse:

    O tema tem como apresentaçao : louvores. Mas uma coisa que tambem vejo com muita frequencia nesta seita, sao anjos, é anjo pra tudo quanto e negocio, anjo trazendo livro, anjo “descendo” do céu, anjo escovando dentes de visitantes, esses dias fui numa igreja e tinha um anjo “fazendo as unhas de uma pessoa rsrsrsr, que tal uma abordagem sobre este tema, porque esse pes, valoriza mais anjos do que o proprio ESPIRITO SANTO, fico no aguardo desta sujestao e pergunta, prque anjos trabalham tanto nesta seita e o Espirito Santo naoo faz nada? Abraços

  21. Lucia helena disse:

    Olá ! CV ,

    Estou tentando mais uma vez …espero ter acertado.

    Saudações em Cristo!

  22. Alandati disse:

    Amado CV, a tua tradução está perfeita!

    Aproveito o ensejo para lembrar de um louvor da icm que diz assim:

    “Na hora em que eu quiser falar com Deus, dobrar os meu joelhos e orar, EU VOU CLAMAR PRIMEIRO PELO SANGUE DE JESUS, só ele pode me purificar…”

    Pois bem, isso é ensinado às crianças desde a mais tenra idade, que só clamando pelo sangue de jesus primeiro para conseguir falar com Deus. Uma falácia, uma mentira, antibíblico, que depois fica bem difícil para tirar da mente da pessoa, que vai crescendo com esse engano.

    Alguém pode falar com Deus mencionando o sangue de Jesus, o sacrifício, mas não pode ser colocado como condição para uma conversa com Deus. Isso é de uma maldade que não tem tamanho!

    Pais icemitas, abram os olhos, a obra maravilhosa começa a construir maldades nas pessoas desde pequenos!

    Quanto menos contato que tiverem com a seita, menos impregnados vão ficar com essas heresias!

    Abram o olho!

    Foge dela, povo meu!

    A Paz do Senhor.
    .
    .
    Amados, aproveito para reiterar:

    Se alguém começar a intercessão, sem antes dizer: clamamos pelo sangue de Jesus, a oração não poderá prosseguir. Não tem valor! Se na entrega do jejum esquecerem da fórmula, está declarada a invalidez do jejum. E ninguem questiona este capítulo da heresia icemita, porque aprenderam a confiar na crença do maioral dos pastores. Os icemitas conferem as coisas nas Escrituras Sagradas? Não! Eles confiam na crença do chefe icemita muito religioso. Eles não-pensam. Obedecem. Se pensarem entram em pânico. Simplesmente!

    Restante em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/06/o-comeco-do-fim/

    Retirantes, lembrem-se da mulher de Ló.

    CV.

  23. Uma jovem dos olhos de Deus disse:

    A paz do Senhor Jesus!

    Observem este louvor da icm:

    Quando o Senhor me convocou
    pra esta obra de valor
    entendi o que queria de mim
    Todo o meu ser lhe entreguei
    vida nova começei
    com o Espírito em mim.

    E me deu nova forma de vida
    como jamais pensei
    Mesmo com lutas e provas vividas
    sempre com Ele estarei.

    Irmãos o louvor é bonito e simples. Porém, dentro da seita, a mensagem é distorcida! Observem:

    * O Senhor me convocou pra “esta obra de valor”, novamente deixa explícito que a icm que é a obra de valor, as outras denominações não tem valor algum.

    * Todo o meu ser lhe entreguei, quando aceitamos a Cristo como nosso salvador, depositamos a nossa confiança e a nossa vida em Deus. Na seita, os dominadores do rebanho fazem com que os crentes passam a entregar a vida para a “santa obra”: é limpeza, é culto 12:00, é madrugada, é culto profético, é reunião de grupo de bairros, é reunião de instrumentistas, é ensaio, é mutirão, é visita, é reunião de obreiros, é maanaim!

    * E “me deu nova forma de vida como jamais pensei”, a vida com Jesus é leve e suave, mesmo diante de tribulações e não há sobrecarga. Na seita, a nova forma de vida é fazer com que o crente absorva a “obra gedeltina”. Se o irmão ou irmã não fizer tudo o que a elite manda, então passa a ser considerado fraco, desacertado, infiel!

    O irmão Alandati deixou bem claro a “nova forma de vida” no artigo: Escala semanal do icemita. Vale a pena conferir! http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/escala-semanal-do-icemita/

    A paz do Senhor!

  24. CV disse:

    Hinos que marcaram o tempo
    na história de muitos…

    Softly and Tenderly

    Softly and Tenderly

    A história desse hino aparece em diversos blogs e esta é a letra no HE 231 – Vem, Pecador!
    http://www.hinarioevangelico.com/p/letras-201-300.html

    [1]Manso e bondoso, eis Jesus nos chamando,
    Chama por ti e por mim;
    Eis, bate à porta, paciente esperando,
    Bate por ti e por mim!

    [chorus]
    Oh! Vem! Sim, vem! Não te demores, vem já.
    Eis, bate à porta, paciente esperando,
    E chama: Ó pecador, vem!

    [2]Por que esperamos? Jesus nos convida,
    Chama por ti e por mim;
    Não desprezemos a graça da Vida,
    Dada por ti e por mim!

    [3]Que imenso amor tem Jesus nos mostrado,
    Sempre por ti e por mim!
    Pois libertou-nos do triste pecado,
    Mártir por ti e por mim!

    Rev. F. Caetano Borges da Silva

  25. Flor de Liz disse:

    CV:

    Glorias a Deus!

    A ELE Toda a Honra, Toda a Glória e Todo o Poder!

    Louvores maravilhosos!!!

    Saudações Fraternais.

    Flor de Liz.

  26. CV disse:

    Immanuel

    Dentre os nossos leitores muitos deles escrevem, falam e traduzem bem o inglês.
    Estou contando que alguém, de boa vontade, nos presenteie com a tradução deste belo cântico natalino.

    Paz.

    CV.

  27. Alandati disse:

    CV e irmãos,
    segue a letra de Immanuel em inglês, seguida da tradução:

    Original

    “The sign shall be given
    A virgin will conceive
    A human baby bearing undiminished deity

    The Glory of the nations
    A light for all to see
    And hope for all who will embrace
    His warm reality

    CHORUS

    Immanuel, our God is with us
    And if God is with us
    Who could stand against us?
    Our God is with us, Immanuel.

    For all those who live
    In the shadow of death
    A glorious light has dawned

    For all those who stumble in the darkness
    Behold your light has come.

    CHORUS

    Immanuel, our God is with us
    And if God is with us
    Who could stand against us?
    Our God is with us, Immanuel.

    So what shall be your answer?
    Oh, will you hear the call
    Of him who did not spare his son
    But gave him for us all

    On earth there is no power
    There is no depth or height
    Could ever separate us
    From the love of God in Christ.

    CHORUS (2 X)

    Immanuel, our God is with us
    And if God is with us
    Who could stand against us?
    Our God is with us, Immanuel.

    Tradução

    O sinal será dado
    A virgem conceberá
    Um bebê humano,
    mas sem perder a divindade.

    A glória das nações,
    Uma luz para todos verem,
    E de esperança para todos os que aceitam
    Sua gloriosa realidade

    CORO

    Emanuel, nosso Deus está conosco.
    E se Deus está conosco,
    Quem poderia estar contra nós?
    O nosso Deus está conosco, Emanuel.

    Para todos aqueles que vivem
    Na sombra da morte
    Uma gloriosa luz raiou.
    Para todos aqueles que tropeçam na escuridão
    Resplandeceu a luz.

    CORO

    Emanuel, nosso Deus está conosco,
    E se Deus está conosco,
    Quem poderia estar contra nós?
    O nosso Deus está conosco, Emanuel.

    Então, qual deve ser a sua resposta?
    Oh! Você vai ouvir o chamado
    Dele, que não poupou seu Filho
    Mas O ofereceu para todos nós?

    Na terra não há poder
    Não há profundidade nem altura
    Que poderiam nos separar
    Do amor de Deus em Cristo.

    CORO (2 X)

    Emanuel, nosso Deus está conosco,
    E se Deus está conosco,
    Quem poderia estar contra nós?
    O nosso Deus está conosco, Emanuel.”

    A Paz do Senhor!
    Alandati
    .
    .
    Agradeço, amado irmão Alandati.

    Amados,

    A letra deste cântico natalino, não é mera poesia de hábil escritor; mas uma expressão de antigas profecias que apontavam um maravilhoso sinal para vinda do Messias de Deus para Israel cf. Isaías 7:14; 9.2:

    “Portanto, o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que a virgem (hb. almah – mulher jovem com a idade de se casar) conceberá e dará à luz um filho e lhe chamará Emanuel. (…) O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz.”.

    E com o pleno cumprimento deste fato (cf. Mt. 1.23), a palavra EMANUEL aparece no Novo Testamento revestida de significado transcendente e assim entendido na teologia joania quando a Revelação Proposicional afirma (Jo. 3.16-19 – ênfase nossa):

    “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê (exerce fé) não pereça, mas tenha a vida eterna.
    Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
    Quem nele crê (exerce fé) não é julgado; o que não crê (não exerce fé no Nome DEle) já está julgado, porquanto não crê (não exerce fé) no nome do unigênito Filho de Deus.
    O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más.”

    Por estas e por outras razões, a Revelação Proposicional exige o exercício da fé no NOME DO UNIGÊNITO FILHO DE DEUS; e não em mitos (clamor pelo sangue, doutrina revelada, obra que veio da eternidade, obra filho único, fogo do altar é o Espírito Santo e outras trombesteiras do chefe icemita muito religioso).

    Mais poderia dizer e aponto os artigos

    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/09/a-obra-construindo-heresias/
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/05/a-quarta-trombeta-soara/
    .
    http://obramaranata.wordpress.com/2011/04/05/a-obra-resistindo-ao-espirito-santo/
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/06/o-comeco-do-fim/
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/05/dominadores-do-rebanho-de-deus/
    .
    Paz.

    Sejam fortes, retirantes e lembrem-se da mulher de Ló.

    CV.

  28. Maria (CV de saias) disse:

    Immanuel

    Emanuel

    A sign shall be given
    Um sinal será dado
    A virgin will conceive
    A virgem conceberá
    A human baby bearing
    Um menino se dará
    Undiminished deity
    Divindade inalterada
    The glory of the nations
    A glória das nações
    A light for all to see
    Uma luz para todos verem
    That hope for all who will embrace
    A esperança para todos que aceitarem
    His warm reality
    Sua realidade calorosa

    Immanuel
    Emanuel
    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    And if God is with us
    E se Deus está conosco
    Who could stand against us?
    Quem poderia ficar contra nós?
    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    Immanuel
    Emanuel

    For all those who live in the shadow of death
    Para todos que vivem nas sombras da morte
    A glorious light has dawned
    Uma gloriosa luz raiou
    For all those who stumble in the darkness
    Para todos que tropeçam na escuridão
    Behold your light has come
    Eis que é chegado a luz
    Immanuel
    Emanuel

    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    And if God is with us
    E se Deus está conosco
    Who could stand against us?
    Quem poderia ficar contra nós?
    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    Immanuel
    Emanuel

    So what will be your answer?
    Então, qual será sua resposta?
    Oh, will you hear the call
    Oh, você ouvirá o chamado
    Of Him who did not spare His son
    Daquele que a Seu filho não poupou
    But gave him for us all
    Mas O entregou por todos nós?
    On earth there is no power
    Na terra não há poder
    There is no depth or height
    Não há profundidade ou altura
    That could ever separate us
    Que poderia nos separar
    From the love of God in Christ
    Do amor de Deus em Cristo
    Immanuel
    Emanuel

    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    And if God is with us
    E se Deus está conosco
    Who could stand against us?
    Quem poderia ficar contra nós?
    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    Immanuel
    Emanuel

    Immanuel
    Emanuel
    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    And if God is with us
    E se Deus está conosco
    Who could stand against us?
    Quem poderia ficar contra nós?
    Our God is with us
    Nosso Deus está conosco
    Immanuel
    Emanuel

    TRADUÇÃO DE LEIGA!!

    Cifra:

    Verse 1
    Am F G C Am F
    A sign shall be given, a virgin will conceive, a hu-man baby bearing

    C#m F G Am F G C – C7M
    undiminished deity. The glory of the nations, A light for all to see

    Am F C#m F G —-
    Hope for all who will embrace, His warm re-ali-ty

    Chorus
    C F G Em – G Am C#m Em F G Em F
    Immanuel, Our God is with us, And if God is with us, Who could stand

    G Am F Em F G C
    against us? Our God is with us, Immanuel

    (Em may be good transition to bridge)

    Bridge
    F G Em Am F G Em – Am
    For all those who live in the shadow of death, A glorious light has dawned

    F G Em Am F G C
    For all those who stumble in the dark-ness, Behold your light has come

    Chorus

    Verse 2

    Am F G C – C7M Am
    So what will be your answer? Will you hear the call? Of Him who did not

    F C#m F G Am
    spare His son but gave him for us all, On earth there is no

    F G C – C7M
    power, There is no depth or height

    Am F C#m F G
    That will ever sep-a-rate us, From the love of God in Christ

    Chorus

    http://www.cifrasfx.com.br/michael-card/cifras/immanuel/

    Que lindo, CV!!
    Imaginem o canto de milhões de anjos cantando em uma só doce e terna voz ao nosso Emanuel?

    Queremos estar lá, Senhor!
    Nos ajude a sermos o que precisamos ser e render a Ti o louvor que a Ti é devido!
    .
    .
    Olá, Maria (CV de saias)
    Eu me emociono com o cumprimento dessas profecias das Escrituras relacionadas ao Advento do Messias Jesus, como evidência de que o restante se cumprirá – exatamente – do jeito que Deus falou.

    Mantenho a publicação da postagem, especialmente, pelo acréscimo da cifra. Muito bom. Nossos músicos agradem…

    CV.

  29. CV disse:

    “O SENHOR te abençoe e te guarde;
    o SENHOR faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;
    o SENHOR sobre ti levante o rosto e te dê a paz.”
    Nm. 6. 24-26

  30. Amado CV,

    Sabia que eu sempre fiz essa oração nas madrugadas?
    Eu sempre pedi a Deus para fazer resplandecer o Seu rosto sobre mim.

    Sempre almejei isso.

    Bela canção.

    Obrigada.

  31. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Queria deixar um corinho que cantavamos a muito tempo atrás na Assembléia de Deus.

    Eu sei que sou fraco
    Mas Cristo é forte
    E mesmo caindo
    Jesus me levanta
    Jesus é amor
    E o amor é mais forte
    Mais forte que a morte
    Jesus é amor.

    um braço fraternal

  32. Cavaleiro Veloz disse:

    Amados, graça e paz.

    O site http://www.espada.eti.br/musicas-1.htm disponibiliza uma bela coleção de Música Cristã Tradicional, Hinos Clássicos de Arranjos Para Piano e outros hinos e arranjos; além de peças de Bach, Handel e Mendelssohn.

    O CD anunciado é ótimo com estudos bem fundamentados sobre váreios assuntos de interesse atual.

    Ponha no seu coração cooperar com este ministério.

    Boa audição.

  33. Firme nas promessas disse:

    CV

    Um verdadeiro tesouro você disponibilizou para nós.

    Que coisa linda!!!
    http://www.espada.eti.br/musicas-1.htm
    .
    .
    Firme nas promessas, graça e paz.

    A Hinódia Cristã é inexgotável tesouro (e pouco conhecido).

    Este Blog existe para edificar e fortalecer os amados irmãos em Cristo Jesus, não apenas em DENUNCIAR crimes (em tese), heresias e mitos que correm pelas unidades locais da ICM/PES como fogo em palha seca; mas para ensinar, exortar, fortalecer e motivar os amados irmãos em Cristo ao retorno às Escrituras. Hinos cristãos estão presentes neste esforço.

    Fora a estética musical os hinos indicados no referido site (conheço letra e melodia da maioria deles) apresentam letras de excelente teologia, compostos que foram para o canto congregacional.

    Vai ouvindo…

    CV.

  34. Uma jovem dos olhos de Deus disse:

    A paz do Senhor!

    Formatados nas icms são os instrumentistas de hoje, e a culpa é do gedeusti. Antigamente…. tocávamos todos os hinos de ouvido, não precisava de cifra, introdução dos hinos eram criadas da maneira que achávamos melhor, e o tom dos hinos variávamos sempre, sem falar dos ritmos.

    Hoje, o que se vê nas icms, são instrumentistas dependentes de cifrinhas, se não tiver a cifra não sabem tocar, não possuem “ouvidos” aguçados para a música! Mas a culpa é do geudesti, que uniformizou tudo do seu jeito, ritmo, tom…. e os passos tem que ser seguido, não pode haver criatividade, inovação, dessa forma, os instrumentistas perdem a capacidade, habilidade para criar . O louvor da icm de hoje não pode ser comparado com o da segunda metade da década de 80 e primeira metade da década de 90, quando Deus realmente falava nos louvores, os instrumentistas tocavam com a alma e em harmonia!

    Pois então, até o louvor da icm o gedeusti estragou, ele conseguiu danificar o que tinha de melhor nesta igreja. Poxa vida!

    Quero deixar a letra de um hino lindo que cantávamos na icm nos anos 88,89, 90, é do grupo Nova Dimensão, louvor que marcou minha vida e a de muitos, louvor assim…. está em falta atualmente! A paz do Senhor!

    Nova Dimensão

    É forte como o sol, sublime feito a lua o meu Jesus!
    Ele quer mudar sua vida, fazer parte do teu ser,
    prá não ver você sofrer assim, por isso:

    Coro: Abra de uma vez seu coração,
    Jesus tem prá você, uma nova dimensão!

    Mais lento que o amanhecer, sublime como a vida,
    o meu Jesus!
    Ele quer tocar em você, te guiar por um caminho,
    um caminho de amor, por isso:

  35. CV disse:

    Como está escrito (Mt. 27.57-61):

    “Caindo a tarde, veio um homem rico de Arimatéia, chamado José, que era também discípulo de Jesus. Este foi ter com Pilatos e lhe pediu o corpo de Jesus. Então, Pilatos mandou que lho fosse entregue. E José, tomando o corpo, envolveu-o num pano limpo de linho e o depositou no seu túmulo novo, que fizera abrir na rocha; e, rolando uma grande pedra para a entrada do sepulcro, se retirou. Achavam-se ali, sentadas em frente da sepultura, Maria Madalena e a outra Maria.”

    Cumpria-se o que estava escrito do jeito que estava escrito. Chegara a hora dos iníquos e do poder das trevas (Lc. 22.53). Finalmente o golpe contra o “Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo. 1.29). Instigados pelos sacerdotes, a massa exige a crucificação de Jesus. Calvário e morte!

    Entrar na Hinódia Cristã é inspirador. Compreender o cântico congregacional ou as composições de alta construção harmônica e melódica como, por exemplo, A Paixão Segundo Mateus (BWV 244), é altamente confortante e recompensador. Hinos cristãos bem escritos nos fazem pensar e repensar.

    Escrevendo as Paixões (Mateus, João e Lucas) que Felix Mendelssohn procurou resgatar do esquecimento, no caso da Paixão Segundo Mateus J. S. Bach centraliza a composição nos capítulos 26 e 27 deste relato.

    Portanto, este texto musical inicia com certo clamor em que as vozes se intercalam entre choro e espanto diante do Cordeiro mudo que está sendo entregue ao sacrifício nessa hora dos iníquos e do poder das trevas.

    O texto prossegue, passa pela área Mache dich, mein Herze, rein http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=UGj1xcPpIZM&feature=endscreen e ai a grandeza do coral final em http://www.youtube.com/watch?v=UM0R0dSiDes

    Restante em Purifica-te, meu coração…
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/07/purifica-te-meu-coracao/

    Uma boa semana para todos.

    CV.

  36. Livre em Jesus disse:

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/09/come-thou-fount-of-every-blessing/comment-page-1/#comment-20897

    Comentário perfeito.

    Trocaram a graça pela falsa técnica, com hinos gritados que ninguém entende o que está sendo cantado e que só servem para insuflar a vaidade dos cantores e músicos.

    Tudo comandado pela queridinha do GG, aquela que é dona de uma escola de música e que usa métodos nos ensaios que deixariam Hitler com inveja, quem conhece sabe do que estou falando.

    Essa senhora teve a petulância de até escrever uma circular denegrindo toda a música gospel, tal circular foi referendada de pronto por GG e lida aos cantores e músicos do maanaim.

    E viva a “oubra”.

    Sentenças!

  37. Desejo um feliz natal á você CV e pra toda a sua família , desejo muitas alegrias e quero te agradecer por você ter me recebido neste blog , ter me recebido de braços abertos e me acolheu quando precisei , aqui também é a minha família , aqui Jesus nasce no nosso coração porque aqui tem verdadeiros amigos ……
    amigos deste blog também desejo á todos vocês um Feliz natal …. amo todos vocês …aqui Jesus colocou o amor dele verdadeiro em nossos corações.
    Jesus está e estará sempre conosco.
    .
    .
    Amem!

    Ovelha perseguida, agradeço e retribuo com as palavras que deixei em
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/01/nao-se-turbe-o-vosso-coracao/comment-page-3/#comment-49259

    Paz.

    CV.

  38. Irmão Augusto disse:

    Desejo um Feliz Natal a você CV e toda a sua família e um Feliz Natal tambem a todos os retirantes que romperam com a Seita herética para viverem uma nova vida em Cristo Jesus. Hoje podemos dizer que realmente somos felizes, pois não vivemos mais debaixo da escravidão imposta por homens inescrupulosos que utilizaram-se da boa fé e inocência de pessoas para torná-las escravas e roubar-lhes não só o dinheiro mas principalmente os sonhos, a felicidade, a família. Ainda bem que temos o Deus todo poderoso que nos ama muito e nos restitui tudo o que nos foi roubado de forma tão suja e sutil. Retirantes, comemoremos esta nova vida em Cristo Jesus, pois um dia Ele nasceu, morreu, ressuscitou e um dia iremos morar com Ele no céu. Mais uma vez, um feliz Natal a todos e um ano novo repleto de realizações em Cristo Jesus!
    Fiquem na Paz do Senhor!
    .
    .
    Amado Irmão Augusto,
    estivemos aqui durante o ano que se finda… e a tarefa não está completa

    Agradeço e retribuo com as palavras que deixei em
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/01/nao-se-turbe-o-vosso-coracao/comment-page-3/#comment-49259

    Paz.

    CV.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s