igreja maranata – Desvendando o MAL – “Mistérios Além da Letra”

 

DESVENDANDO O MAL

 

 

Desvendando o MAL – “Mistérios Além da Letra”

De plano, já quero tranquilizar os irmãos, pois não abordarei aqui textos bíblicos utilizando a visão extrapolante do jeito maranático de ser, mas evidenciar o poder fulminante e definitivo da “letra” do monarca pseudocarismático sobre os formatados.

Meus amados, o apelido da Bíblia é Palavra de Deus, porque a consolidação dos livros (significado de bíblia) expressa em seu conteúdo aquilo que sai da boca do seu autor. Não estamos obviamente nos referindo aos instrumentos usados para repassar o que ouviram da boca do Senhor, mas sim ao próprio Deus, o qual ensejou efetivamente a transmissão de uma herança aos seus descendentes, inclusive justificando divisão em testamentos, e que nenhum dos homens usados para a escrita dos livros teria um bem tão valioso, que pudesse alcançar toda a humanidade: a Eternidade! Não é mesmo?

Pois, a análise então, principalmente para aqueles que permanecem no ninho sujo, preferindo se acovardar a ganhar a liberdade em Cristo, ou até mesmo entendendo equivocadamente ser a única alternativa, ficar, é de usar o instinto investigativo de buscar o “além da letra” também com aquilo que sai da boca do seu líder, gedeuspapa, o grande!

Vamos analisar então algumas expressões muito usadas pelo comendador e que infelizmente são repetidas nas diversas estações locais de retransmissão de “pedradas”:

  1. “obra filho único” – em outras palavras, isso significaria “unigênito”. Já conseguiu perceber a maldade? Ainda não? Veja o texto bíblico: “Porque Deus amor o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pareça, mas tenha a vida eterna. (João 3:16). Jesus é unigênito, filho único de Deus, e quem nele crê alcança Eternidade. O que essa seita maligna tenta incutir na mente do formatado é que há geração de algo paralelo a Jesus, que portanto deixaria de ser o unigênito, ou ainda o pior, deseja-se expressamente TOMAR O LUGAR DO SENHOR, QUE DEVE SER ÚNICO NA TUA VIDA, ICEMITA!
  2. “servo inútil” – outras variações são “devedores”, “mordomos”. Meus irmãos, são usados textos bíblicos, de forma sorrateira e cruel, para tentar provar subliminarmente que nós devemos muito, e como não merecemos essa “obra”, precisamos fazer aquilo que podemos e até com esforço sobre-humano para pagar a nossa dívida. Aí, meus irmãos, não tem outro entendimento não: METEMOS A MÃO NO BOLSO E OFERTAMOS “VOLUNTARIAMENTE” DÍZIMOS E DOAÇÕES, PARA DIMINUIR UM POUCO ESSE DÍVIDA, ALÉM DE DOARMOS QUASE TODO NOSSO TEMPO PARA A “OBRA”!
  3. “entendimento de obra” – essa “pedrada”, quando repetida nas diversas unidades da seita, discriminando incisivamente aquele que não se sujeita à política DON (Doutrina, Ordens e Normas) exatamente como quer o pes, faz com que todos sejam tomados por um verdadeiro pavor de largar a denominação, apelidada de “obra” por seu gedeuspapai.
  4. “se alguém sair, não vá atrás não” – o dominador falso do rebanho do Senhor ainda acrescenta que nem ele, se sair, como se isso pudesse acontecer um dia, não deverá ser procurado. Cito a parábola da ovelha perdida: “Quem de vós que tem cem ovelhas e perde uma, não deixa as noventa e nove no deserto e vai atrás daquela que se perdeu, até encontrá-la?” (Lucas 15:4). Ele nunca, do “verbo” NEVER, vai sair, por isso faz essas declarações, mas a intenção é que o formatado não seja alcançado pela verdade encontrada naquele que se libertou do maranatês e conseguiu se retirar, mantendo total isolamento deste último!

As estratégias são maquiavélicas. Muitos já enxergaram isso. Falta você, icemita. Seja um ex-tolo como nós. Aliás, com o advento da maioridade espiritual, todos, no tempo de cada um, deixam diversas tolices para ingressar no mundo mais perto do bom senso, não é mesmo?

Pense nisso!

A Paz do Senhor a todos!

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/desvendando-o-mal-misterios-alem-da-letra/

Anúncios

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Testemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s