igreja cristã maranata – Mas o que eles aprendem com a liderança nos seminários, especialmente no 7º período? Juízo, maldição, castigo, juízo, maldição, castigo, medo, medo, …

Lendo esse artigo, me lembrei de um fato que presenciei quando ainda estava na ICM, fazendo parte do Grupo de Intercessão da igreja:

Uma irmã, cuja família havia se desentendido com o pastor que estava responsável pela igreja (não vou entrar em detalhes, mas o pastor acabou sendo transferido, pois os fatos que envolviam membros da família dele eram verídicos). Após todos os problemas ocorridos, aquela irmã foi submetida a uma cirurgia, onde, infelizmente, vieram complicações e ela ficou muito doente.

O novo pastor assumiu, a irmã, antes tão bem vista, já não tinha a mesma consideração, e acabou ficando isolada, sem apoio no momento em que mais precisou.

Passado aproximadamente um ano, ela, ainda doente, foi à igreja para conversar com o pastor e o grupo de intercessão, e certamente, esperançosa de alguma ‘revelação’ de Deus que lhe confortasse o coração, pois muitos viam aquilo que ela estava passando como “castigo de Deus”.

Me lembro como se fosse hoje o que o pastor nos disse antes dessa irmã entrar: “Vejam, irmãos, o que o Senhor tiver que falar pra ela, os irmãos deixem ser usados. O Senhor não fala apenas coisa boa, não“.

Só me lembrar disso me repugna o estômago! Como pode alguém que deveria apascentar o rebanho, com tamanha falta de misericórdia?! Mas o que eles aprendem com a liderança nos seminários, especialmente no 7º período?Juízo, maldição, castigo, juízo, maldição, castigo, medo, medo, …

Naquele momento eu não podia ficar calado, muito menos compactuar com aquilo, porque com aquela palavra hipócrita e farisaica do pastor, certamente viria alguma “visão” ou “revelação” para colocar mais peso sobre aquela irmã, então citei I Cor 14:3 que diz:

“Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação.”

Eu disse: “Se Deus vai falar algo a ela através de nós, vai ser dentro disso, dentro da Sua Palavra”. Houve um silêncio total, e graças a Deus, ninguém ousou pronunciar juízo de maldição contra ela, e ela saiu dali mais fortalecida.

Naquele dia, eu senti nojo de tudo aquilo e, como já estava num processo de reflexão sobre minha saída, vi que não poderia mais de modo algum compactuar com aquilo e que ali não era mais o meu lugar. Que história é essa de quem é ‘amigo’, quem anda conforme os padrões da ‘obra’, deve receber todo tipo de ‘profecia’ para bem, e quem não está de acordo com os ‘padrões’, só “profecia” de juízo???

Agora eu pergunto: Que evangelho é esse que se esquece de como Jesus nos ensina a agir conforme a sua Palavra e seu exemplo?

Leiamos:

“Mas não o receberam, porque o seu aspecto era como de quem ia a Jerusalém. E os seus discípulos, Tiago e João, vendo isto, disseram: Senhor, queres que digamos que desça go do céu e os consuma, como Elias também fez? Voltando-se, porém, repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito soisPorque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las.” Lucas 9:53-56

“E passando Jesus, viu um homem cego de nascença.E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.” João 9:1-3

A palavra de Deus é tão clara, especialmente no Novo Testamento, por que não seguir as pisadas do Mestre? Por que não ser imitador de Cristo, assim como Paulo? Por que desprezar a essência do Evangelho que é o amor?

Espero que quem leia esse comentário, seja da ICM ou não, reflita e medite, pelo menos, nas passagens acima, para não fazer com os outros aquilo que não quer que façam consigo.

“Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele que não fez misericórdia; e a misericórdia triunfa do juízo.” Tiago 2:13
[grifos meus]

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/10/se-alguem-chega-espalhando-a-morte-fuja/

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Testemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s