igreja cristã maranata – É preciso GRITAR mesmo para o Ministério Público acordar para o perigo desta seita, se não corre o perigo de morte de verdade igual aconteceu 18 de Novembro de 1978 com a Seita de Jim Jones.

Irmã Cristalina (postado em 29/07/2012 as 11:49)

Os que restaram viram as costas e tentam-se proteger, porque o gedelpapa é tão sem Fé, sem Deus, sem vergonha que até nesta hora usa passagens na Bíblia!

Quando tento falar com queridos que ainda estão presos na seita a resposta é sempre a mesma: tudo o que está acontecendo está escrito na Bíblia – nos últimos dias e blablabla – tudo ensinamento falso de um homem sem temor a Deus, sem carater e sem vergonha!

É preciso GRITAR mesmo para o Ministério Público acordar para o perigo desta seita, se não corre o perigo de morte de verdade igual aconteceu 18 de Novembro de 1978 com a Seita de Jim Jones.

Alias – continuo procurando uma ligação entre estas duas seitas!

Dr. Joel Brinco – você conhece a verdade – você tem o poder de esclarecer tudo e libertar um, dois, muitos ou todos desta seita comandada por um homem que veio das trevas.

Quando mais leio e encontro em relatórios mais estou convencido que o professor de gedelti foi alguem relacionado a jim jones ou o próprio!

PAZ

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/#comment-15562

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Testemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s