maranata – As pessoas que ainda teimam em defender este lugar só podem ser dois tipos de pessoa: 1- pertencem a cúpula suja; 2- ou é um pobre “peão de obra – escravo espiritual”.

Estimado CV e irmãos,

Depois de seis anos mais ou menos fora desse local(icm) continuo a me surpreender com o que venho ouvindo, de pessoas que nos conheciam e porque não falavam conosco depois da nossa saída.

Depois de alguns anos venho reencontrando antigos irmãos, eles se surpreendem ao nos ver, pois achavam que o meu lar estava desfeito e que meu esposo estava com outra pessoa vivendo uma vida dissolut.É mole???

Para surpresa de muitos, a ponto de se admirarem de nos ver na rua, ainda perguntam, vcs estão tão bem? Com cara de espantados por nos verem unidos e felizes…

Outro dia, recebemos em nossa casa um irmão querido e que foi enxotado do maanaim do DF como se fosse um bandido! Quando colocávamos a conversa em dia, ele puxou o assunto da nossa saída, pois estávamos morando em outro estado quando aconteceu, e mesmo de longe a coisa chegou em Brasília de forma arrepiante.

Esse irmão estava no maanaim, quando o tal pr.Otávio (o que não deveria ser assim chamado de pr., pois isto é um insulto para quem é pastor de verdade!), reuniu todos os irmãos e pastores e disse que meu esposo estava fora porque tinha me trocado por outra e que vivia uma vida mundana… Para fechar a farsa toda, pregou no livro de Judas e disse para ninguém nos procurar e outras coisas mais que nem vale a pena postar.

São homens sem TEMOR DE DEUS!,tem familia, filhos e se prestam a esse tipo de papel, de conduta… Isto para mim é escória pura!! Não tem respeito pela sua família, que dirá a dos outros que não conhece. É muito fácil atirar pedras e lama nas costas das pessoas, mas esquecem que tem “telhado de vidro”…

Difamação das famílias que saem é a tônica dessa seita, são um bando de covardes e mentirosos enganado os mais fracos e inocentes.

Mas, para minha maior alegria é ver que alguns irmãos não acreditaram nas mentiras e se alegraram ao nos ver bem, Graças a Deus !

As pessoas que ainda teimam em defender este lugar só podem ser dois tipos de pessoa:
1- pertencem a cúpula suja;
2- ou é um pobre “peão de obra – escravo espiritual”.

Corram desse lugar, pois é seita de Balaão!

Boa semana pra todos.

Saudações em Cristo.
.
.
Àqueles que conosco participal deste Blob e aos que nos visitam.

Centenas de episódios de difamações e de esforço em destruir famílias parecem neste Blog. Interessante que, a expressão “muitas tribulações” me veio à lembrança ao ler a postagem. Este é o jogo do gedeltismo: formatados icemitas feitos meias-solas foram erguidos para a defesa do maranatismo monárquico pseudocarismático. O alvo preferido são os retirantes…

Gente imprestável, inimigos da Obra, réus do inferno, traidores da Obra e outras expressões continuam em meio às maldições que arrojam contra aqueles que abandonam o ninho sujo… muito sujo.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/decididamente-nao-ficarei-no-ninho/
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/os-filhos-da-instigacao-do-odio/
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/fuja-crente-nao-seja-cumplice/

Pois bem.

Querem fazer de nós habitantes de covas, errantes pelos desertos ou coisa parecida. Somos considerados corja, matilha, filhos do Diabo. Não me importo. Pra mim é lucro: eles perdem o galardão e o meu aumenta a cada calúnia e maldição. Dá pra entender? Não entendeu? Que bênção existe no sofrer “fora da porta”, como está escrito (Mt. 5.11-12):

“Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.”

Sempre na lembrança o sofrer “fora da porta” (Hb. 12.12-15), como se peregrinos fôssemos (e na verdade somos); porém, neste Blog os mais experientes na “fé em Jesus” continuam “fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus.” (Atos 14.22)

Paz.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/05/apaixonei-me-pela-obra-e-agora/#comment-15053

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Testemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para maranata – As pessoas que ainda teimam em defender este lugar só podem ser dois tipos de pessoa: 1- pertencem a cúpula suja; 2- ou é um pobre “peão de obra – escravo espiritual”.

  1. Pingback: igreja cristã maranata – a verdade sobre a igreja cristã maranata em 500 testemunhos de quem saiu da igreja cristã maranata « a obra revelada da icm maranata

  2. Pingback: igreja cristã maranata – a verdade sobre a igreja cristã maranata em 500 testemunhos de quem conseguiu sair da igreja cristã maranata « A igreja cristã maranata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s