maranata – Ele não pertence à “obra”, e portanto não tem “revelação”, nem “entendimento de obra” como você icemita, mas relata de maneira precisa, em 2007, o quê você vive dentro da seita “obra”, “obra”, “obra”, “obra”, “obra”, “obra”

Dentro da minha trajetória fora do jugo pesado da “obra”, onde a sensação foi de ser tirada uma tonelada das minhas costas, deparei-me com uma letra um tanto quanto instigante, além de muito inteligente, de 2007:

“É Proibido Pensar”
(João Alexandre)

“Procuro alguém pra resolver meu problema
Pois não consigo me encaixar neste esquema
São sempre variações do mesmo tema
Meras repetições

A extravagâncias vem de todos os lados
E faz chover profetas apaixonados
Morrendo em pé rompendo a fé dos cansados
Com suas canções

Estar de bem com vida é muito mais que renascer
Deus já me deu sua palavra
E é por ela que ainda guio o meu viver

Reconstruindo o que Jesus derrubou
Re-costurando o véu que a cruz já rasgou
Ressuscitando a lei pisando na graça
Negociando com Deus

No show da fé milagre é tão natural
Que até pregar com a mesma voz é normal
Nesse evangeliquês universal
Se apossando do céus

Estão distantes do trono, caçadores de deus
Ao som de um shofar
E mais um ídolo importado dita as regras
Pra nos escravizar.

É proibido pensar (5x)

Procuro alguém pra resolver meu problema
Pois não consigo me encaixar neste esquema
São sempre variações do mesmo tema
Meras repetições

Meras repetições
É proibido pensar”

Ele não pertence à “obra”, e portanto não tem “revelação”, nem “entendimento de obra” como você icemita, mas relata de maneira precisa, em 2007, o quê você vive dentro da seita “obra”, “obra”, “obra”, “obra”, “obra”, “obra”, dentre muitas outras que, em nada, diferem uma da outra.

Você pode me exlicar isso? A própria letra responde: “Deus já me deu sua palavra
E é por ela que ainda guio o meu viver”

Deixo também o link para o áudio, para quem não conhece. Vale à pena ouvir:

http://www.youtube.com/watch?v=d-7eeM5mMzc

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/05/apaixonei-me-pela-obra-e-agora/

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Testemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para maranata – Ele não pertence à “obra”, e portanto não tem “revelação”, nem “entendimento de obra” como você icemita, mas relata de maneira precisa, em 2007, o quê você vive dentro da seita “obra”, “obra”, “obra”, “obra”, “obra”, “obra”

  1. Pingback: igreja cristã maranata – um triste recorde « a obra revelada da icm maranata

  2. Pingback: igreja cristã maranata – a verdade sobre a igreja cristã maranata em 500 testemunhos de quem saiu da igreja cristã maranata « a obra revelada da icm maranata

  3. Pingback: igreja cristã maranata – a verdade sobre a igreja cristã maranata em 500 testemunhos de quem conseguiu sair da igreja cristã maranata « A igreja cristã maranata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s