Apaixonei-me pela OBRA! E agora???

A coleção de apaixonados pela Obra… é enorme. Aprenderam isto. Este é o lucro do investimento nessa paranóia religiosa. Dia a dia repetir OBRA… OBRA… OBRA…

A postagem enviada em 02/05/2012 as 9:35 por Ovídio narciso declara o amor pela OBRA:

“Caídos,bando de caídos.Conheço centenas de ex-maranatas,todos caíram devido à desobediência ao PES;e se caíram ou foram expulsos é para se cumprir o que está na bíblia, que o joio cresceria junto com o trigo. cAIDO É arvor daninha.Ademais, a biblia diz que o cair édo homem, e o levantar é de Deus ao qual eu conheci atravez da OBRA.só a OBRA levanta.voltem para casa do Pai…. rsrsrsrs”

DOENTES!

Cansado de ler ofensas aos retirantes, deletar era o mais fácil e rápido; mas ao longo do dia, entre um compromisso e outro, lancei alguns rabiscos. E publiquei (pensando em aproveitar como artigo…).

Daqui em diante a minha resposta:

“Caídos,bando de caídos” que são e onde estão?

Causa admiração a cegueira declarada nesta postagem.

Escute, moribundo, e lhe mostrarei onde estão e o que alguns caídos, formatados, meia-solas remendados e outros valetes (escrevi valetes) fazem na cegueira espiritual e dureza de coração: alianças com políticos; autodefesa; avareza desmedida; bancas de negócios; contrabando; conspiração de pastores orkuteiros; corporativismo; demandas judiciais em defesa da imagem; desestruturação familiar; dissimulações; divórcios; estelionatos; dominação do rebanho; falta de transparência; heresias; instigação do ódio religioso; manipulação do rebanho; meias verdades; mitos religiosos; negativa de regimento interno; perseguição aos desafetos; pirâmides de containeres… quebra de promessas e revelações que não se cumprem. Implosão!

Escute outro argumento falacioso: “o joio cresceria junto com o trigo”. Então, V. aponta dedos contra nós e acaba confessando que lá dentro do ninho existe joio, não é? E confessa que faltou discernimento? E confessa que os Judas conseguiram enganar os mestres e profetas “desta OBRA”? E confessa que Judas beijam Judas nos banquetes de ladrões? E confessa que a ladroagem se estende por anos? Então, existe estelionato religioso ente eles, não é?

O despudor essa elite icemita pseudocarismática não perturba?

O esgoto do palácio da rainha desfigurada está escancarado aos olhos da Sociedade. Os Judas estão no caminho da FORCA. Os seus argumentos nada mais são que FALÁCIAS. Por isso a necessidade de intervenção do Ministério Público (Estadual e Federal). Quando cessa a Graça o Juízo começa.

Pior! V. vem dizer que conheceu Deus “atravez da OBRA”, querendo dizer que “esta OBRA” apresenta Deus aos homens!!! Ora, levando-se em conta a corrupção acima descrita e em investigação, cabe a pergunta: que deus é esse? Então, V. está dizendo que o deus “desta OBRA” é cego e corrupto? E V. se vangloria desta cegueira e corrupção? E que cegueira! E que corrupção!

Ovídio narciso, quer saber? Em muitos de nós – caídos, expulsos, filhos do diabo, malignos (como alguns dos pastores nos tratam), sim! em muitos de nós se cumpre a profecia que diz (Jo. 16.1-3 – ênfase nossa): “Tenho-vos dito estas coisas para que não vos escandalizeis. Eles vos expulsarão das sinagogas; mas vem a hora em que todo o que vos matar julgará com isso tributar culto a Deus. Isto farão porque não conhecem o Pai, nem a mim [Jesus].”

Por fim, formatação icemítica é um poço de iniquidades: meia-solas reformados foram especialmente gerados na doutrina revelada (para serem manupulados) porque “não conhecem o Pai, nem a mim [Jesus]”. O astuto encantador de formatados conseguiu enganar esta geração de icemitas apertada no beco sem saída e no rumo da “operação do erro”.

TRISTEZA!

Voltar? O ninho está sujo, Ovídio…. muito sujo….

NOTA

Calunias serão deletadas.

Escrever em CAIXA ALTA é indelicado.

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Acorda, Maranata!, BOM DIA!, Denunciar é preciso, Destruindo maldições, Se perguntar não ofender.... Bookmark o link permanente.

256 respostas para Apaixonei-me pela OBRA! E agora???

  1. Feriado prolongado ou feriadão

    CV e irmãos,

    Qual brasileiro não gosta de um feriado? E se for na terça ou na quinta, melhor ainda porque damos aquela esticadinha. Feriado prolongado ou feriadão já faz parte da nossa cultura, do nosso vocabulário e calendário escolar.

    Que alegria! Tudo programado para quatro dias longe das atividades escolares e profissionais.

    Mas…existe um grupo de brasileiros, na verdade um grupo muito pequeno, que tem essa alegria frustrada.

    Estou falando dos brasileiros incautos, como nós fomos um dia, que caíram no canto da sereia maranática. Foi um canto tão encantador que atraiu a milhares para uma verdadeira arapuca. Dali, a prisão foi fácil, bastando uma dose cavalar de LNP e pronto lá estavam os escravos maranáticos. http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/11/a-linguagem-do-nao-pensamento/

    Quem aqui já não viu seus planos de feriadão serem frustrados dentro da seita maranata? Planejávamos visitar parentes, fazer uma pequena viagem, descansar, dar uma organizada ou faxina na casa, e, quando estava tudo pronto,… de repente… a dois dias antes do feriado, anunciavam um inesperado “seminário especial”, que de especial não tinha nada, lançando toda nossa programação por terra.

    Lá se iam a alegria, os preparativos e vinham os prejuízos e o dilema:

    -Continuar com a programação ou cumprir a revelagem papal?

    -Se não cumprisse a revelagem papal, a consciência e o peso da culpa por não estar obedecendo a uma suposta orientação do SENHOR era certeira e nos consumia.

    Devido a paixão e devoção à obra e para se livrar do peso ENORME da CULPA, acabávamos cedendo aos caprichos papais do pes.

    Que sofrimento, irmãos! Quem aqui não se lembra disso e ainda sente uma ponta de dor no peito que só sai com o tempo?

    Quantos foram os feriados prolongados dentro daqueles galpões iguais aos do Jim Jones, ouvindo a mesma aula, as mesmas piadas dos mesmos meias solas, comendo o mesmo sopão, com o mesmo fanatismo e idolatria obráticas?

    Que alienação e perda de tempo!

    Irmãos, como devemos ser gratos a Deus por tão grande libertação!

    Mas voltando às vítimas desses seminários especiais e repentinos, sabemos que os jovens são as mais visados na hora inventar tais encontros que só servem mesmo para satisfazer aos caprichos do pes.

    E, hoje, com o mesmo público alvo definido (jovens) e o domínio nas mãos, está decidido:

    Dia da República será comemorado nos galpões maranáticos.
    E lá se vão os jovens entregar mais um dia à uma seita que não quer nada mais do que sugar a fase mais bela, alegre e vigorosa de suas vidas.

    E ali eles ouvem homens, que chegam a derramar lágrimas de crocodilo, para convencê-los a acreditar em suas profecias mentirosas que nunca se cumprirão.

    Quantos jovens envelheceram acreditando em promessas de que ali naqueles galpões estava seu futuro cônjuge? E depois, além da dor e desilusão de ver todos os seus sonhos frustrados, ouviam piadas dos mesmos meias solas que profetizaram mentiras em nome de Deus.

    Amados irmãos, jovens em especial, livrem-se desta prisão enquanto é tempo. Daqui a pouco o vexame de pertencer a uma seita como esta vai ser muito maior. Fiquem fora disso!

    Não percam o vigor da sua juventude se dedicando a uma seita que usa você conforme seus interesses, e, depois se desfaz como a um copo descartável.

    Foi assim com muitos e com você não será diferente.

    Busquem uma direção de Deus na Palavra!
    Existe vida fora desses galpões.

    Existe um Deus que diz em I João 2:14
    “…Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.”

    É Deus quem diz que vocês são FORTES e já venceram o maligno, portanto, não há o que temer.

    Saim! Sejam fortes!

    À “Uma Jovem dos olhos de Deus”, deixo um recado,

    Querida irmã, ninguém aqui vai puxar sua orelha. Não estamos aqui para isso. Se o Espírito Santo te convenceu, quem somos nós para proferir julgamento e correção?
    Parabéns pela coragem e firmeza! E que Deus continue a abençoá-la ricamente.

    A paz do Senhor Jesus a todos e bom feriadão.

    Eurípia inês.

  2. eduardo gil vasconcellos disse:

    A Irmã do comentario 49 14/11/2012 ás 22:24 ,a Jovem dos Olhos de Deus ,não tem nada para se envergonhar.

    Deus é amor, misericórdia e compaixão, siga em frente, há muitas coisas maravilhosas da parte de Deus para alcançar.

    Fique tranquila, o Senhor é Quem nos sara.

    um abraço fraternal

  3. Hora da verdade disse:

    Amada irmã Uma jovem aos olhos de Deus
    Uma coisa que aprendi ao sair da seita foi: Quem sou eu para julgar alguém?
    Amada, infelizmente o que aprendemos ao longo de muitos anos de formatação foi que éramos melhores do que os outros e em tudo éramos os certos e por isso podíamos fazer nossos julgamentos.
    Quanto erro!!!
    Hoje, após despertar do sono icemitico podemos perceber quanta injustiça cometemos e o quanto fomos insensíveis e cruéis em nossos julgamentos, pois em alguns casos fomos até mesmo responsáveis pela dor de alguns irmãos.
    Se temos que puxar alguma orelha,será a nossa própria, pois por diversas vezes fomos levados a fazer algum “comentário” sobre alguém e que levou esse alguém a ser, digamos, punido.
    Hoje aprendemos que Deus nos ama incondicionalmente,que é misericordioso e está sempre pronto a nos perdoar, então por que não fazermos o mesmo? Assim é fazer parte da Igreja de Deus, Corpo de CRisto.
    Graça e Paz

  4. Alandati disse:

    A VELOCIDADE MÉDIA DO CRENTE ENCERADEIRA NA OBRA!

    Vamos estudar Física?

    Hoje, repassaremos alguns conceitos básicos de CINEMÁTICA!

    Sempre quando explico essa matéria, digo para os que se colocam na posição provisória de alunos, que a CINEMÁTICA é um filme, que tem a velocidade como artista principal, visto que o significado é exatamente esse: estudo da velocidade dos corpos físicos.

    Essa analogia é interessante, pois podemos entender que o movimento dos corpos não tem fim no universo, e o que se estuda, na cinemática, não é o conjunto de movimentos infinitos dos corpos, mas de um ponto a outro, como se fosse extraído um filme (de cinema mesmo) relacionado ao movimento. Por isso, que vemos sempre as separações de “ponto inicial”, chamado de P(0), e “ponto final”, denominado P(f), ou simplesmente P.

    Bem, a definição da nossa artista, velocidade, é a frequência de mudança de posições em um determinado tempo. Parte-se de um ponto zero inicial, e simplesmente dividindo qualquer posição estanque pelo tempo medido até ali, encontramos a velocidade instantânea.

    Por muitas vezes, no exercício que estuda um movimento, é útil substituir várias velocidades instantâneas por uma velocidade média, que tem a finalidade, como o nome já diz, de trazer uma ideia mediana do comportamento do movimento em determinada variação de tempo.

    Essa mudança de posições é chamada de “deslocamento”, o famoso ΔS. O “S” se refere a espaço (space), que, para melhor entendermos, substituímos pelo seu sinônimo, que é posição.

    A variação de tempo, por seu turno é representada por Δt, que nada mais é do que a diferença de um tempo final por um tempo inicial, previamente definidos, e que será objeto daquela observação.

    Em fórmula então, a velocidade média fica assim:

    Vm = ΔS / Δt

    Bem, o nosso intuito, obviamente não é simplesmente relembrar conceitos de Física, então já partiremos para aplicação do que revimos, sobre velocidade média, para mostrar algo interessante sobre a obra maravilhosa gedeltiana.

    Vem comigo!

    A obra não muda, meus amados! As doutrinas são as mesmas desde quando começou. Os interesses sempre foram bem definidos a respeito do que sempre se quis nesses quarenta e quatro anos de existência, e por certo, não estão no conhecimento da verdade bíblica por parte de ninguém, e isso nunca mudou em nada!

    Partindo dessa afirmação, concluímos que o ΔS (deslocamento) da obra é nulo, pois a POSIÇÃO ATUAL da obra é IDÊNTICA à POSIÇÃO INICIAL da obra, há quarenta e quatro anos atrás. Com isso, eu não estou querendo dizer que, por vezes, a obra não tenha inventado coisas no meio da trajetória, sendo que podemos citar algumas aqui, aquelas revelações das quintas-feiras, antes ter cultos em praças e hoje não, o levantamento de diáconos não casados, ou ainda, a mais nova invenção, que é o chatélite.

    Mas, a despeito dessas invencionices, ela gira em círculos, sempre em volta das heresias, e com os olhares para o cofre, que fazem com que sempre retorne à linha de largada, ou seja, no mesmo ponto em que iniciou o “movimento”. Xi, e eles que não gostam de ser chamados de movimento, hein?

    Para quem não entendeu ainda, dou o exemplo de uma corrida de atletismo, onde o circuito é oval, e o atleta começa a trajetória em um ponto e termina no mesmo ponto. Para esses casos, o deslocamento de um ponto a outro, sendo o mesmo da inicial, é NULO, ZERO!

    Aplicando a matemaranática básica então, chegamos ao cálculo, para se obter a velocidade média de um corpo (formatado) que viva na obra, sabendo que seu deslocamento é nulo (zero):

    Vm = ΔS / Δt =

    0 / Δt =

    0 (nulo)

    Só para reforçar que qualquer divisão cujo dividendo, o numerador, o que fica em cima da razão, seja zero, dá resultado zero, visto que não se pode dividir aquilo que não exista! Se eu tenho zero laranjas para dividir com duas pessoas, vão ficar zero laranjas para cada uma!

    Viram então que, dentro da cinemática, a velocidade média da obra é NULA?

    Engana-se quem afirma que não se andou! Vai dizer isso para o atleta que correu e se esforçou isso? Com certeza ele está extremamente cansado, mas o conceito físico de velocidade média desconsidera o que tenha sido feito durante a trajetória, sendo que considera apenas o ponto de partida e o ponto de chegada, e cruelmente, por mais estranho que seja, se os mesmos coincidem, o deslocamento é nulo!

    De igual forma, tenta falar para um formatado maranata de carteirinha que o seu deslocamento na obra é nulo, e consequentemente a sua velocidade média é zero! Ele vai sair cuspindo marimbondo em cima de você! Na verdade, é isso mesmo que temos contemplado na prática, não é mesmo?

    Contudo, não há equívoco nenhum nessa afirmação, nem físico nem conceitual, visto que os “corpos” (icemitas) dos que supostamente estariam se deslocando, mas só estão girando em torno de um ponto, sempre voltam ao mesmo lugar, e portanto seus movimentos representam deslocamento igual a zero. Veja: são sectaristas, facciosistas, arrogantes, prepotentes, preconceituosos, discriminadores, apaixonados, cegos, etc, e sempre foram assim, nunca mudando a postura, por mais que se movimentem de um lado para outro, de reunião em reunião, de seminário em seminário, de evangelização em evangelização, de chatélite em chatélite!

    Por isso, eu uso como ilustração um utensílio doméstico antigo, que se chama enceradeira. Os mais novos não saberão o que é, pois não é quase visto mais, mas era útil para espalhar cera sobre os tacos de madeira, que eram os que compunham o principal tipo de piso utilizado nas residências antigamente, visto que o piso frio era algo chique e caro, sendo privilégio só para poucos. Com a diminuição do valor dos pisos frios, de cerâmica, aqueles tacos de madeira foram substituídos por esse, bem mais prático até para limpar, e a nossa enceradeira perdeu a sua utilidade na grande maioria das casas, sendo hoje mais usada industrialmente.

    Era comum dizer que quem não saísse do lugar, com relação a uma postura na vida, fosse chamado de “enceradeira”, pois a mesma gira em torno de um eixo e não se movimenta, visto que o seu objetivo é apenas encerar e não se locomover.

    Bem, encerramos (não enceramos, hein? Não confundam!) aqui mais uma aula, e desejo a todos uma boa prova, pois estamos quase terminando o nosso período letivo.

    Boa Sorte!

    Professor Alandati.

    Publicado em http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/11/17/a-velocidade-media-do-crente-enceradeira-na-obra/

  5. Snaiper disse:

    Tenho observado que a ICM tem realizalizado umas vigilias e na mesma tem ocorridas mudanças na forma de culto, muita GLORIA a DEUS tipo igrejas pentecostais bem radicais. Ora antes eram contra essas manifestações e agora estão aderindo??? Dizem que no Manaain esta rolando até sapatiado?

    Confesso que fiquei escandalizado em uma vigilia que participei, nada contra os pentecostais ( fui de igreja tradicional e depois fui pra ICM) custei a me adaptar a forma de culto, mas agora vejo uma grande divergencia em tudo o que foi pregado neste 15 anos que eu participei, digo participei pois nunca tive vontade de fazer parte dos da frente por saber que o modo de vida que levavam eu não teria condição de viver, então fui um mero esquenta banco como dizem, mas Deus pela sua misericordia nunca me abandonou.

    Hoje vou na ICM mas de antena ligada e o filtro também,para o que esta sendo pregado, me sinto bem lá, creio que Deus pode trazer uma palavra ali como em qualquer outro lugar onde haja uma busca sincera. Mas as vezes me sinto perdido em meio a este monte de Placas de igreja e denuncias fraudolentas, se fomos analizar no contexto do pais podemos citar mais umas 5 que passaram por isto, não estou defendendo a ninguém…

    Estou orando a Deus pra me dar a direção para um local onde possa me reunir em comunhão, não ter que sofrer por causa da demora e burocracia dos cultos, não me escandalizar com o Gloria Deus e Alelulia como se fosse um gol em um estádio de futebol, não duvidar de um dom profetizado por alguem que nem conheço, enfim meu caro gostaria da opinião do amigo sobre o que estou passando. ão vou acatar as suas palavras pois creio que Deus é que nos dá a direção, mas como parece ser um entendido da palavra queria uma opinião para formar a minha.

    Acho que melhor coisa seria ler a palavra em casa e buscar a Deus, mas não consigo, preciso de um incentivo, consigo orar as vzs até leio a palavra mas me sentindo fraco e sem direção.

    O que o caro Cavaleiro poderia me dizer da IEL? caso queira falar.Também queria a opinião sobre a IEL, e mudança nos cultos da ICM. Não me identifiquei, caso queira me responder pode me chamar de Snaiper, busco acertar o alvo eterno. Amém.
    .
    .
    Snaiper,

    A aranha constrói a teia mas consegue se movimentar nela.
    Alguns crentes conseguem construir teias e ficam presos.

    Meu amado irmão, suas palavras se nos oferecem a compreensão de que V. gira ao redor de si mesmo. Algo doentio, como narcisismo religioso.

    Não duvide: saia deste CÍRCULO VICIOSO!

    Recomendo o escudo sincero do livro CURAI ENFERMOS E EXPULSAI DEMôNIOS (T. L. OSBORN)

    Saúde

    CV.

  6. Renata Oliveira disse:

    Aqui no interior de São Paulo, nas tais vigílias “maranáticas”, os fiéis estão levantando aos mãos para cima e gritando o nome da igreja:
    “MARANATA, MARANATA, MARANATA!!!!!!!!!!!”.
    Parece que é prática corriqueira no Maanaim de Uberlândia (MG). Isso quem me contou foi uma pessoa que ainda frequenta lá. Fiquei horrorizada… Não sei onde essa palhaçada vai acabar. Temo por alguns familiares que ainda estão por lá.
    .
    .
    Olá, Renata.

    Graça e paz em Cristo.

    Gedelti adoeceu esta igreja.

    Os filhos do gedeltismo gritam MARANATAAAAAAAAAAAA mas estão desesperados, doentes, empanzinados com profetadas e revelagens de sorte que continuam andando ao redor dos erros. E não se arrependem.

    Que obra maravilhosa, hein Gedelti?!

    http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/11/mp-cumpre-mandados-e-investiga-desvios-de-dizimos-em-igreja-no-es.html

    http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/11/justica-afasta-cupula-da-igreja-maranata-no-es.html

    http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/11/noticias/cidades/1377487-fundacao-comprava-ate-remedio-superfaturado.html

    Retirantes, lembrem-se da mulher de Ló.

    Sei de algo bem certo: o som do TAMBOR chegou aos ouvidos de milhares deles http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/12/eu-e-o-meu-tambor/ e muitos não mais poderão dizer: NINGUÉM ME AVISOU.

    CV.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s