testemunho obreiro da maranrata – conselho de um familiar de gedelti gueiros

Fomos orientados quando chegamos na maranata por um parente muito, muito próximo do Gdt ao seguinte: Prá ser feliz na maranata, voce não pode ser pobre e nem mais servo que um “deles”.

Se isto acontecer você está marcado para ser perseguido para sempre. Não é que era verdade? Temos histórias e histórias disto acontecendo no meio de nossos irmãos, e tenho certeza que os irmãos conhecem histórias iguais.

Até hoje, e já se vão muitos anos, lembro impressionado do que esta pessoa nos falou e na época eu não entendi porque ela falou isto, até porque ela expos a própria família. Mas creio ter sido a misericórdia do Senhor nos preparando para o pior que viria.

Um grande abraço a todos e fiquem na Paz do Senhor Jesus!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/02/instigacao-ao-odio-religioso/

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Testemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para testemunho obreiro da maranrata – conselho de um familiar de gedelti gueiros

  1. Pingback: igreja cristã maranata – um triste recorde « a obra revelada da icm maranata

  2. Pingback: igreja cristã maranata – a verdade sobre a igreja cristã maranata em 500 testemunhos de quem saiu da igreja cristã maranata « a obra revelada da icm maranata

  3. Pingback: igreja cristã maranata – a verdade sobre a igreja cristã maranata em 500 testemunhos de quem conseguiu sair da igreja cristã maranata « A igreja cristã maranata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s