A Linguagem do Não-pensamento

  
“Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho.”
(2 Jo. 1.9)  

A ilusão funciona. E como!

A linguagem é uma das formas do pensamento. Ela comunica a alma, aquilo de dentro. Erudita, familiar, infantil, jurídica, política, religiosa etc., ela comunica desejos, emoções, expressões, idéias de grupos ou de pessoas.

A linguagem possui o seu palavreado próprio, ou seja, o seu vocabulário. E, se a linguagem é expressão do pensamento, quando os líderes religiosos fogem das Escrituras Sagradas, não mais conseguem coerência com a Revelação Proposicional. Andam em círculos, elaboram falácias, incoerências e filosofias vãs.

A linguagem do não-pensamento (LNP) maliciosamente e por sua natureza nunca é explícita.

A LNP é empregada desde o início da monarquia quadragenária e despejada pela goela da membresia. Esperteza! Jogo extremamente sedutor do habilíssimo mestre-primaz com a inteligência de que é dotado. Mágicas!

A cada exibição do mestre muito religioso ele joga os malabares para o ar (capítulos da doutrina revelada, meias verdades etc.), e a mente dos beatos fica impregnada com jargões gedeltianos do tipo: Na Obra ficam os servos da Obra. Obra é filho único. Obra é Obra. Quem não é servo da Obra é lançado fora, é meia sola mesmo. Não tem jeito!

Cada capítulo da grandiloquente  HERESIA ICEMITA deve ser examoinado à luz das Escrituras Sagradas e sob iluminação do Espírito de Cristo Jesus. Esta heresia deve ser levada MAIS A SÉRIO…

Entendam, amados: enquanto o malabarista joga os malabares, ninguém faz outra coisa, a não ser, fixar o olhar nos malabares. Deste modo, em cada aula, mensagem revelada (eles gostam disto por se acharem super espirituais) ou sermão o mestre-mor repete: OBRA… OBRA… OBRA… OBRA… OBRA… OBRA, assim como o encantador no jogo de malabares.

Enquanto ele repete e repete esta misteriosa palavra, ninguém pensa, nem faz outra coisa, a não ser, fixar-se na enigmática palavra OBRA. Encantamento! Ilusão! Mestres e pastores denominados servos da Obra não fazem outra coisa a não ser imitar o mestre-mor e enganar…

Mágicos e malabaristas sabem que a ilusão funciona… e palmas do auditório! A iludida platéia paga para ser enganada e exclama: que maravilha!

Mágicos e malabaristas, de espertos, não necessitam de muita propaganda, porque até de boca em boca a notícia correrá com gritos histéricos e palmas. Muitas palmas… E muitos risos…

No caso dos icemitas (normalmente proibidos de bater palmas para os mágicos e malabaristas da monarquia pseudocarismática), em cada aula (leia-se: cada ardil de intojeçao dos chamados mistérios da Obra) os aplausos são em forma de gloria-a-deus-e-aleluias, acrescidos de jargões do tipo: Obra Maravilhosa! Outro: Sou Maranata e quem não é seja anátema! E outro: Nasci na Maranata e vou morrer na Maranata! Deste modo nasce o maranatês. Enquanto o icemita de carteirinha emprega essa linguagem, ele mostra o quanto de introjeção foi efetivada na mente dele.

Nesse ponto, faça um favor a sua alma precisoa e entenda o que o mestre quer dizer com ABSORVAM A OBRA!

O DON (Doutrinas, Orientações e Normas do Presbitério cf. arts. 5º e 25 do Estatuto da ICM-PES) é imposto da seguinte maneira: o mestre-primaz e a elite de valetes (escrevi valetes) nada conversam, ou ensinam, ou falam, ou inventam a não ser no estratégico nível de LNP, levando-se em conta que cada reunião é antecipada com o clamor esquizofrênico. O mesmo acontece nas demais atividades em grupo. (Preste atenção: a LNP funciona em todos os setores da ICAR, p. ex. na OPUS DEI. O processo mesmo.)

O chefe muito religioso da ICM-PES imediatamente percebeu: na mente da membresia, especialmente nos Seminários da Obra, o que funciona é a linguagem do não-pensamento. E deste modo, entorpecidos com as doses de enganação que alicerçam a doutrina revelada além da letra, os beatos continuam com a propaganda: ESTA É A OBRA! OBRA MARAVILHOSA! QUE OBRA!

O ciclo é vicioso. O icemita de carteirinha não consegue, facilmente, abrir os olhos; e, se alguns começam a despertar do entorpecimento espiritual programado para formatar icemitase meia-solas, a dose de LNP age eficazmente e inconscientemente, a ponto de provocar o sentimento de culpa no inconsciente de cada icemita: ele imagina que, se duvidar de algo decretado pelo monarca através dos emissários muito religiosos, estará pecando contra o Espírito Santo ou contra a Obra Maravilhosa. Que coisa terrível!

Ora, o inconsciente do indivíduo reage, sempre, com carga destruidora; e, quanto mais agrilhoado à desterminada espiritualidade esquizofrênica, pior será. Perceba a reação do icemita-maluco-pela-Obra ao ler este artigo: ele responde com ameaças e maldições e os piores xingamentos (como resultado da esquizofrenia religiosa introjetada na mente dele, enquanto engole cada capítulo da doutrina revelada… e não pensa.

Ora, ao ler as DENÚNCIAS deste SITE, o maluco-pela-Obra nada contesta; mas calunia, difama, injuria e arremessa lanças de maldições contra o autor dos artigos. Constantemente! Depois, clama pelo sangue de Jesus e jejua para que eu seja lançado no fogo do inferno aquecido mil vezes; ou que minha carne seja entregue a Satanás para ser destruida. Maldição em cima de maldição. Sempre!

Por que? Mais fácil é atacar o autor do artigo (argumentum ad hominem) colocando em dúvida a confiabilidade e o caráter do escritor, do que contestar o artigo. O argumento contra a pessoa é a maneira que o icemita encontra para jogar pedras e ofender; mesmo porque ele está instigado pelo ódio religioso que desce do palácio da rainha desfigurada.

Porém, a LNP empregada habilmente nas aulas de doutrina revelada além da letra ainda não basta. Depois de cada dose de LNP dos Seminários da Obra (e também nos cultos proféticos) vem a DOSE DE REFORÇO: profetadas, revelagens e visagens comuns no final da exposição do monarca quadragenário ou de algum mestre na posição de valente da Obra Revelada.

Presta atenção: a DOSE DE REFORÇO funciona como CATÁLISE:

aumenta a atividade da LNP no inconsciente dos indivíduos e impedindo a alteração do processo de obediência ao DON e mantendo-os subordinados ao Ídolo-Obra. Livre-se da opressão. Pense. Reflita…

Conclusão

 A BÍBLIA FOI TRAIDA!

A ICM-PES está completamente desviada do “evangelho da graça de Deus” e mergulhada em alegorias, dissimulações, espiritualização de frases isoladas das Escrituras, falsas profecias, falsas revelações (algumas embrulhadas em Cabala e Gematria).

Agora começamos a compreender o sofrimento dos retirantes.

Este imbróglio maligno alicerça alguns capítulos da doutrina revelada ensinada com ardis da linguagem do não-pensamento que escora o falso profetismo.

Entenda: aquele que não pensa, é, nada mais nada menos, que um vazio. Voc^^e consegue entender um vazio?

O icemita anda ao redor dos erros mantidos pelo Ídolo-Obra, com medo de pecar contra o Espírito Santo… se pensar.

O resultado desse entorpecimento espiritual não é de se admirar. Então, faça um favor a sua alma preciosa, leia e pense: o maranatismo monárquico pseudocarismático e quadragenário distingue-se mais pelo culto e devoção à ICM-OBRA do que pelo amor-obediência a Cristo Jesus.

Pense. Por que não correr o risco de pensar?

Que de sofrimento na alma crente daquele que descobre estar enganado…

Quem está intoxicado pela HERESIA ICEMITA, não consegue pronta saída, a menos que busque a Face do SENHOR, fique fortalecido em espírito e rompa com os laços da enganação gedeltiana.

Quem me dera se todos entendessem o que venho falando…

Sobre cavaleiroveloz

Porque, se tomarmos parte no sofrimento de Cristo, também tomaremos parte na Sua glória
Esse post foi publicado em Acorda, Maranata!, Agradando aos homens e desacatando as Escrituras, As Lágrimas dos Santos, BOM DIA!, Denunciar é preciso e marcado , , , . Guardar link permanente.

83 respostas para A Linguagem do Não-pensamento

  1. Fabio disse:

    Irmã Eurípia,

    Infelizmente o Gedelti e sua turma escolheram esse caminho.

    Ao participar de um seminário, o Gedelti relatou o seguinte sonho: “após seu falecimento, durante o velório as pessoas iam visitá-lo, amigos, familiares, ex-alunos, seguia-se o cortejo, ao chegar no cemitério finalizavam com a despedida e ao descer a urna ele começava a sentir saudades da família, de seus bens, etc… quando começavam a jogar terra ele clamava a Deus e só ouvia o silêncio”. (há ainda outros detalhes do sonho, vou me ater ao comentário acima)

    Me lembro que ao contar esse sonho me caiu um temor profundo e creio que todos os que estavam ouvindo também. Ele voltou a repetir esse sonho em outro seminário que participei. O presidente sabe muito bem que não poderá alegar nada diante do JUIZ SUPREMO.

    Como diz a Bíblia, há momentos que o coração não tem lugar para o arrependimento.

    Realmente agora consigo entender a “obra revelada”, a nós que saímos. Para os que estão lá dentro ainda está nas entrelinhas, ou como os próprios líderes dizem: “Além da letra”.

    Fiquem na Paz do Senhor!
    .
    .
    A apostasia gedeltiana manda, os maranáticos obedecem

    e caem no buraco da enganação e poço de iniquidades

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/poco-de-iniquidades/

    E o icemita-mor continua: TÁ TUDO CERTO!!!

    Lamentável!

    CV.

  2. Pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    A grande parte da membresia da ICM foi levada a hábito de não-pensar e crer na crença do chefe religioso da linguagem do não-pensamento. Este ardil maligno os impediu de examinar detalhadamente e aprofundar nas Escrituras Sagradas

    Gedelti usando malabarismos e métodos de enganação falta com Didática no ensino nos seminários e tembám na pregação; mas de forma sutil consegue fazer com que a membresia fique como hipnotizada: ai os meia-solas inventam as profetadas e revelagens…

    GG fala OBRA! OBRA! OBRA! OBRA! OBRA! OBRA! e as pessoas ficam “extasiadas” com a tal OBRA MARAVILHOSA, insitindo que só quem esta “nesta OBRA” tem Jesus e o Espírito Santo.

    Quanto engano, mentira, heresia e porisso para nós retirantes que buscamos o Senhor e sua Palavra não podemos concordar com a linguagem do não-pensamento. Se nós saímos daquele hospicío, dexemos para tras a enganação dele. Digamos: CHEGA! CHEGA! CHEGA!

    um abraço fraternal a todos irmãos em Cristo.

  3. Rendido estou! disse:

    Lamentável!

    Eu ouvi este sonho ser transmitido diversas vezes nos seminários. GG dizia q muitos precisavam ter um sonho como este para se converter, ou melhor, entender a obra-icm.

    As coisas funcionam assim na icm. GG tem um sonho ou uma suposta experiência, e, aquele sonho, ou experiência, se torna uma doutrina revelada. Por exemplo, sua viagem a Israel foi assunto de aula de encerramento em todos os seminários da icm por muitos anos. Tanto o sonho como a experiência tem sempre o propósito de valorizar a instituição icm e seus “(a)fundadores,” forjando uma visão romântica da obra-icm.

    Muitos (apaixonados) ainda se alimentam dessa visão romântica da obra icm e se esquecem da Palavra de Deus. Acabam valorizando mais as profetadas, visagens e revelagens do que as Sagradas Escrituras.

    A maior ameaça ao sistema maranata reside em examinar as Escrituras. Este blog me ajudou a resgatar o habito de EXAMINAR as Sagradas Escrituras e conferir se o ensino maranatico bate com a PALAVRA de DEUS, e, principalmente, com o Novo Testamento. Tenho feito isso desde Outubro de 2011, quando estourou o escândalo. Resultado: o ensino maranatico foi reprovado pelo exame que fiz das Escrituras. Hoje sou outra pessoa.

    Mas enquanto eu estava na icm, eu achava q precisava ser igual a GG, igual aos pastores do pes, igual ao coordenador da minha região, etc. Eu os respeitava e os admirava muito. Eu os via como deuses (ou como um mito, como foi mencionado na reportagem da Gazeta em relação ao GG). Me sinto mal por ter permitido que esses homens subissem ao pedestal na minha pobre percepção das coisas. Mas ficou a lição, e que lição!

    Hj, estou liberto desse mau exemplo de liderança cristã, dos maus ensinos anti-biblicos, do teologismo separatista anti-evangelho e do dominio (sistema) pseudo-carismatico maranatico anti-neotestamentario e desumano. A icm se parece (e se comporta) mais como uma seita, do que como uma igreja cristã. Esta foi uma triste conclusão a que cheguei. Foi duro admitir isso depois de quase 3 décadas la dentro.

    O pensamento de sair da maranata pode nos dar a impressão de que o (nosso) mundo (espiritual) vai acabar. Ledo engano. Para minha surpresa, sair da maranata tem sido apenas o começo de algo maravilhoso que Deus quer fazer na minha (e na sua) vida. Acredite!

    Um irmão me disse outro dia, pasmem, “vc nao saiu da icm por causa do GG ou por causa do escândalo, vc saiu porque Deus quis q vc saísse.” Eu nunca havia pensado dessa forma, mas hoje eu creio nas palavras desse irmão. Por mais difícil que possa parecer, eu agora creio q Deus tem um propósito para a minha vida fora da icm.

    Estou conhecendo outros crentes amados (e abençoados), os quais Deus tem posto no meu caminho de forma providencial. Estou ouvindo mensagens maravilhosas da Palavra de Deus, principalmente sobre Novo Testamento. Na igreja onde estou, por exemplo, estamos estudando a carta aos Romanos. Surpreendente Graça! Graça que salva, que justifica, que santifica, que diz: “Portanto, agora, nenhuma condenação ha para os que estão em Cristo Jesus.” Que coisa maravilhosa! Estou ate pensando em estudar teologia! Isso mesmo, TEOLOGIA sem culpa e sem maranatagem!

    Meus valores mudaram. Enquanto eu era um icemita de carteirinha eu me preocupava muito com a aparência, com o que as pessoas iam falar de mim ou da minha esposa e dos meus filhos. Tudo isso acabou. Estou livre dessa paranóia. Gloria a Deus! Quero apenas viver o evangelho simples de Jesus Cristo.

    “Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos podera separar do amor de Deus, que esta em Cristo Jesus, nosso Senhor!” Rm 8:38-39.

    Falei. Peço desculpas pelo tamanho do post… andei um tempo sem escrever por aqui… mas precisava desabafar.

    Abraço CV, e obrigado por esse espaço. Abraço muito especial a todos os retirantes! Vamos encher as estradas!
    .
    .
    Amado, o Blog é seu…. escreva sempre.

    Nada a desculpar… Se disponibilizamos espaço até para os que nos jogam pedras, quanto mais para homens honrados e provados na fé.

    Olha, na medida do possível, examine o CURAI ENFERMOS E EXPULSAI DEMÔNIOS (T. L. Orborn, Graça Editorial) com o olhar neo-testamentário pentecostal, seguro e teológico.

    CV.

  4. rafaela disse:

    “Rendido estou”.
    As nossas experiencias são bem parecidas. Graças a Deus enxergamos hoje, o que nos foi negado durante o tempo que estivemos ali: CONHECIMENTO DA PALAVRA PURA E SANTA DE DEUS. Sem adequações. A palavra pura e simplismente. E quando vc falou sobre valores, me identifiquei tmb, pq estes não foram baseados na bíblia.

    O C.V. diz bem qdo fala… “meias verdades”, “meia sola”; pq foi isso que nos tornamos lá: “meio servos”. Hoje quero servir a Deus com inteligência… Quero viver a plenitude da sua graça maravilhosa… a paz de Cristo pra todos vcs!!
    .
    .
    Recomendo:

    http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/17/o-habito-induzido-de-nao-pensar/

    CV.

  5. Maria (CV de saias) disse:

    O Livro CURAI ENFERMOS E EXPULSAI DEMÔNIOS (T. L. Orborn, Graça Editorial) pode ser encontrado neste site abaixo a um preço mais acessível pq alguns são usados, mas em perfeitas condições:

    http://www.estantevirtual.com.br/q/Curai-Enfermos-
    .
    .
    Amados, insisto no estudo dos capítulos deste livro.

    Se algum retirante procura outros irmãos sob a liderança de algum ex-pastor da ICM-PES, não perca tempo: pergunte ao este irmão se ele adquiriu, estudou e pratica o que é ensinado por este autor.

    CV.

  6. Alandati disse:

    O TRABALHO DO SERVO INÚTIL NA OBRA É NULO!

    Meus queridos, estive relembrando os conceitos físicos de Trabalho, e exponho abaixo:

    TRABALHO: é uma medida da energia transferida pela aplicação de uma força ao longo de um deslocamento.

    Há duas condições para que uma força realize trabalho:
    a) Que haja deslocamento; b) Que haja força ou componente da força na direção do deslocamento.

    O trabalho é um número real, que pode ser positivo ou negativo. Quando a força atua no sentido do deslocamento, o trabalho é positivo, isto é, existe energia sendo acrescentada ao corpo ou sistema. Quando a força atua no sentido contrário do deslocamento, o trabalho é negativo. Temos o melhor exemplo de trabalho negativo aquele que é realizado pela força de atrito, que tenta frear um objeto em deslocamento em uma superfície rugosa.

    Bem, aplicando os conceitos à obra gedeltiana, teremos:

    Na icm, há deslocamento, pois o formatado participa de mutirões, grandes evangelizações, reuniões, transmissões, convocações, orientações, cultos, pré-cultos, limpeza, execução dos “meios de graça”, seminários, serenatas, cantatas, etc, etc, etc, dando a entender que possa haver trabalho realizado, visto que a primeira condição para que o icemita realize trabalho com o esforço que faz para ser fiel.

    Contudo, a segunda premissa para a efetiva realização de trabalho não é atendida, pois o esforço do formatado icemita é intencionado para o Senhor, ou seja, vertical para cima, mas o seu deslocamento é no sentido do pes, para agradar ao pes, para o que ele orienta, para o que ele fala, para o que ele manda, e não é para o alto. Estranho escrever isso, parece que o pes tem vida, né?

    Resumindo, a força do icemita para cima, vertical, sem componentes na horizontal, multiplicada pelo deslocamento, que é na horizontal, configura-se em um produto de vetores perpendiculares (90º entre si), e por conseguinte, resultando em NULIDADE!

    Que constatação triste a minha, não é formatado?

    Para que você realize trabalho, ou em outras palavras, tomando o foco na relação com Deus, você acerte o alvo, que é a Eternidade, você tem que se deslocar para o alto, assim com é a tua intenção de esforço (força), vertical para cima, e não cumprir com orientações horizontais advindas do pes.

    Dou uma boa dica: A Palavra de Deus ensina muito bem o que é andar no SENTIDO da Eternidade, ou seja, para O ALTO! Os livros sugeridos pelo CV também perseguem o mesmo propósito!

    “Elevo os meus olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra.”. (Salmos 121:1-2).

    Agora, deixo para o final uma grande sacada:

    Trabalho, em inglês, é WORK, e por isso é representado, na Física, pela letra W! Work também significa OBRA! Isso mesmo! Se o teu work (trabalho) é para a obra, ele é totalmente NULO!

    Aliás, para corroborar a verificação acima, é feita sempre uma declaração, na obra, que quanto mais o fiel faça ele será um servo INÚTIL, ou seja, o seu trabalho é NULO. Nisso, eles estão certos, porque o esforço não é para Deus, é para o homem, é para o pes, é para a obra, e portanto realmente inútil!

    Pense nisso!

    A Paz do Senhor!

  7. Lucia Helena disse:

    Estimado CV e irmãos,

    Concordo com o comentário da irmã Maria(CV de saias)de 20/09 as 19:22.

    Quanto ao despreparo dos pastores que sairam da icm. Falo daquilo que vivo, pois meu marido é pastor e ele sabe o qto precisa mergulhar nos livros que apoiam a compreensão da Palavra de Deus e de vários aspectos espirituais e psicológico , para a maturidade pessoal e trabalhar o fator da ovelha sadia. Além de muito mais que se possa imaginar…

    Não quero constranger a nenhum irmão , mais tenho visto e convivido com pastores que sairam da icm, mas ainda estão enfermos precisando ser curados… São irmãos queridos, sofridos , feridos na batalha, porém creio que em tudo existe um propósito de Deus para cada um deles!

    Visto a importancia de curá-los para que haja uma reforma em suas vidas espirituais e dessa forma começar algo novo,uma nova trajetória com Cristo! O aperfeiçoamento diário, deixando os velhos e erroneos conceitos do qual trouxe prejuizo na camimnhada…

    As igrejas que estão sendo abertas, pós-icm, precisam de desintoxicação espiritual por parte de todos (ovelhas e pastores) isto , para que o rebanho não gere ovelhas doentes, enfermas e crie um circulo vicioso.

    Por isso é importante que os que tiverem a frente do rebanho , tenha esse cuidado. Pois ha o perigo de se repetir alguns erros e continuar enfermos e rodando o Monte Seir…

    Precisa haver uma mudança de comportamento e atitudes para se estar no centro da vontade de Deus e deixar o Espirito Santo retire os enganos e heresias da vida das pessoas. Isto é um processo,que exigirá de cada um investimento pessoal para buscar se aperfeiçoar , com ensinos de qualidade e com pessoas gabaritadas na área.

    Tenho muitas outras coisa que gostaria de deixar registrado, mas não quero ser cansativa…

    Abraços a todos.

    Saudações em Cristo!
    .
    .
    Amada irmã Lucia Helena

    “Escreve a visão, grava-a sobre tábuas, para que a possa ler até quem passa correndo.”

    Publique. Registre.

    Suas palavras merecem crédito por serem fortalecedoras…

    CV.

  8. Flor de Liz disse:

    Nota ao cometário de:Lucia Helena disse:
    21 de setembro de 2012 às 21:46
    Estimado CV e irmãos.

    Estava tomando tomando o café da manhã com meu marido esta manhã e comentei justamente isso com ele. “As igrejas que estão sendo abertas, pós-icm, precisam de desintoxicação espiritual por parte de todos (ovelhas e pastores) isto , para que o rebanho não gere ovelhas doentes, enfermas e crie um circulo vicioso.

    Por isso é importante que os que tiverem a frente do rebanho , tenha esse cuidado. Pois ha o perigo de se repetir alguns erros e continuar enfermos e rodando o Monte Seir… Com algumas outras palavras, mas no mesmo sentido.

    Ele disse a mim: – Ainda estou ferido e machucado, foram anos de doença crônica de que precisamos nos curar.

    E isso mesmo Lucia Helena e irmãos ainda um pouco atordoados com a saída, mas nos resgatando em Cristo todos os dias e com a presença maravilhosa do Espirito Santo que nos ensina como devemos nos comportar.

    Ele meu marido se sente culpado ainda, por ter deixado as ovelhas, eu falei: Não há de ter culpa, novos campos e novo pasto ( alimento ) virá, novos rebanhos com amor e acima de tudo a verdade, a honra e a dignidade farão parte dessa nova etapa da nossa vida.
    ( Choro )
    APDSJ!
    .
    .
    Amados,

    Bancas de negócios, blasfêmias, crimes (em tese), discriminação, dominação, falta de transparência, fraudes, heresias, instigação de ódio religioso, meias-verdades, mitos, profetadas, revelagens… e mais, muito mais.

    Corajosamente denunciamos a IMPLOSÃO e desmascaramos o sistema. O Ministério Público está apurando e não duvidem: a Polícia Federal e a Justiça Federal darão resposta…

    Consultando os artigos observo o crescimento daqueles que despertam da intoxicação do maranatismo monárquico e pseudocarismático apresentado como “projeto de salvação”.

    De fato, lancei a semente e uma parte dela caiu à beira da estrada, a outra entre as pedras, e outra entre os espinhos, e outra caiu em boa terra.

    Esta é a 17ª postagem de Flor de Liz. Ela está crescendo. Isto me consola e fortalece.

    O trabalho não terminou…

    Quem me dera que os pastores que estão saindo evitassem “arrumar” igrejinha (alguns olham para si mesmos mas não apascentam nem curam as ovelhas); mas buscassem a Face do Senhor e nada fizessem até que o Senhor falasse o que fazer.
    .
    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/quando-deus-fala/
    .
    Semeiem comigo… Sofram as mesmas aflições que sofro por amor aos crentes em Jesus.

    Termino citando a Escritura (Hb. 13.20): “Ora, o Deus da paz, que tornou a trazer dentre os mortos a Jesus, nosso Senhor, o grande Pastor das ovelhas, pelo sangue da eterna aliança, vos aperfeiçoe em todo o bem, para cumprirdes a sua vontade, operando em vós o que é agradável diante dele, por Jesus Cristo, a quem seja a glória para todo o sempre. Amém!”

    CV.

  9. Lucia Helena disse:

    Boa noite! queridos CV e irmãos,

    CV com uso da sua palavra “Escreve a visão,grava-a sobre tábuas,para que possa ler até quem pssa correndo”. Firmada nessa palavra estou me pronunciando…

    Fiquei pensando no que escrevi ontem a noite e acordei com um texto da Bíblia em mente Mt.9:16 e 17, mas no decorrer da reflexão da Palavra o Espírito me levou a transcrever a mensagem no texto de Isaías 61:1a3.

    Qdo abri o blog, vi o post da Flor de Liz e creio que tenha tudo a ver com o que o Espírito Santo colocou na minha mente e coração para postar neste momento.

    “O Espírito do Soberano,o Senhor, está sobre mim, porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros, para proclamar o ano da bondade do Senhor e da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes, e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória.”

    Tenho lido no blog, com relativa freqüência, que boa parte dos irmãos acabam falando sempre sobre dores, dissabores, frustações e decepções (o que é normal pelo momento que estão vivendo).

    O blog também é isto-desabafo! É uma forma de terapia virtual,onde colocamos nosssas emoções e sentimentos.

    No meu pensar, tudo isto é muito benéfico, pois trás um alivio para a alma e um conforto com os outros irmãos que passam ou passaram pela mesma situação – saída da icm…

    Tudo isso trouxe a tona muitos questionamentos e indignação por parte de todos nós. Sendo assim, nada mais natural colocarmos nesse espaço o que temos vivido depois da saída…

    A decepção dói!!! Mas esse tipo de comportamento estabelece um estilo de vida negativo, quando nos detemos por muito tempo, olhando o aspecto ruim.

    Quando comecei a estudar mais a Palavra de Deus e a confiar nEle para me restaurar, uma das primeiras coisas que entendi foi que o meu negativismo tinha de ir embora.

    Comentamos muito das feridas expostas, mas precisamos falar mais da cura dessas feridas. Nossa cura é e está em Jesus! Jesus pode nos curar onde quer que seja a nossa dor! Ele quer nos ajudar mental e emocionalmente, assim como espiritual e fisicamente.

    Quando o aceitamos Ele toma as nossas dores e nos dá a Sua saúde e Sua cura. Não deixe que o inimigo te convença do contrário, pois ele está querendo a nossa fraqueza para nos tirar da direção do Pai.

    Mais é importante que se tenha a consciência de que não podemos viver o presente e nem avançar para o futuro, vivendo no passado ao mesmo tempo.

    Ele quer nos curar seja onde for a nossa dor! Foi para isto que Ele veio – trazer a cura aos quebrantados e tristes de coração…

    A Bíblia nos ensina que se continuarmos a crer em Deus independente do que aconteça conosco, se mantivermos nossos olhos nEle, depositarmos nossa fé e confiança, Ele deixará a balança equilibrada.

    O Salmo 34:19 diz que uma pessoa pode passar por adversidades, “mas o Senhor o livra de todas”. Virá o tempo em que tudo será acertado.vale a pena esperar pela verdadeira Justiça.

    Um abraço para todos os irmãos e um especial para a irmã Flor de Liz!

    Saudações em Cristo!

  10. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Irmã Flor de Liz

    Eu saí da seita em 04/04/2011 me desliguei junto com minha esposa. A primeira coisa que fiz foi orar, fazer um curso de teologia básico, acompanhar os artigos deste Blog, ler muitos artigos inclusive tem um site http://www.ezioluiz.com.br com muitos artigos bons. Hoje leio vários livros e me aprofundei na Palavra de Deus.

    Um dos livros que o CV indica é fora de série: CURAI ENFERMOS E EXPULSAI DEMÔNIOS. Todo pastor e ovelha deve ler para entender o evangelho de poder do Senhor Jesus. Este livro é especial neste ponto. Ele confronta.

    O que vejo, é que muitos saem doentes – tanto pastores como ovelhas -, escolhem determinada denominação e la se reunem. E como um doente vai cuidar de outro doente? Precisam libertar-se. O meu conselho é este: quando alguém sair da seita, fique em casa orando, lendo a Bíblia e bons livros como este que citei.

    Nossa mente precisa ser despoluida das blasfêmias, heresias, meias verdades e profetadas aprendidas entre os meia-solas da icm.

    Na maioria das vezes o que acontece é que vão para uma denominação e continuam doentes, e ainda que não perceba, esta denominação enche as emoções, entretém a mente e ocupa o tempo mas vira uma segunda maranata.

    Só perfumaria, nada de cura, libertação e poder. Em determinados grupos de amados irmãos egressos da icm nada de cura e libertação; fica na base de cantar corinhos gospel, levanta a mão… ficam emocionados e dizem: “é fogo puro”. Claro, para quem está doente acha que este tipo de entretenimento é uma maravilha; mas para quem esta doente e não toma o remédio correto o tempo passa e as doenças ficam crônicas… por falta de discernimento.

    Este é o grande perigo!

    Um abraço fraternal a todos irmãos em Cristo!
    .
    .
    Este amado Pr. Gil começou a postar neste Blog em 29.01.2012.
    Cerca de 300 postagens em diversos artigos.
    CV.

  11. Flor de Liz disse:

    Nota ao post do Pr.Eduardo Gil Vasconcellos disse:
    22 de setembro de 2012 às 23:53
    Irmã Flor de Liz:
    ____________________________________________________

    Me levantei hoje para contar a mais recente benção das nossas vidas, quando abro o blog me deparo com a nota do Pr. Gil Vasconcellos endereçada a mim, eu chorei.

    Pastor Gil Vasconcellos, CV e demais irmãos a benção é essa:

    Estávamos vindo da empresa a qual trabalhamos, eu e meu marido, isso no inicio do mês, e no carro conversando sobre a necessidade dele fazer o curso de Teologia. Qual a minha surpresa eu viro para o lado, CV é caminho nosso todos os dias nós nunca tínhamos visto a o prédio que fica ao lado de um Farol em uma avenida movimentada, caminho nosso todos os dias, a PLACA no prédio: CURSO DE TEOLOGIA – BACHARELADO ( MATRÍCULAS ABERTAS ) isso agora em 04 de setembro ( ainda na angustia, tristeza, culpa por parte do meu marido ) só falei assim:

    Meu filho para o carro aqui agora, ele falou porque? eu disse para o carro entra a esquerda… CV, Pr. Gil e irmãos, olhando para o prédio, você não vê beleza nenhuma, nada para que se desejasse estar ali dentro. Quem nos recebe um pastor ( doutor em Teologia ) filiado a Assembléia de Deus. Meu marido meio que receoso, olhamos a grade curricular, vimos as salas, perguntei se podia fazer a matricula naquele momento, o pastor disse que precisamos trazer a documentação.

    No outro dia CV dia 05 tudo estava na mãos da Faculdade, meu marido começou o curso de Teologia. Primeiro dia de aula foi sobre: Pneumatologia – A DOUTRINA DO ESPIRITO SANTO. EU RI DEMAIS… naquele dia CV, meu marido chegou em casa e disse: – eu descobri que em 24 anos na ICM ( ele ) eu não sei nada, a aula de hoje me fez aprender mais do que qualquer seminário da ICM.

    CV o meu marido está numa alegria tão grande, Pr Gil é o que estamos fazendo estudando a Palavra, fico pensando quanto tempo perdido, quanta ignorância e cegueira da nossa parte, CV éramos um bando robotizados. Como pode uma igreja, um líder fazer isso CV com gerações e gerações de pessoas???

    Vivemos neste tempo na escuridão ( conhecimento ) sem o conhecimento devido da Palavra, erramos totalmente por não conhecer as Escrituras e vivemos doutrinas paralelas. Finalizando mas com mais bençãos para contar, é isso Pastor Gil, CV e irmãos queridos ele está na faculdade de Teologia, e ao chegar todos os dias me saboreio das aulas com ele me explicando a maravilha que é a Palavra de Deus.

    CV perdão pelo post tão grande, mas eu tinha que contar, estou me sentindo mais a vontade para falar agora. Tenho mais coisas para compartilhar.

    Abraço fraternal pastor Gil, CV e igreja aqui reunida e APDSJ!

  12. Flor de Liz disse:

    Nota à Lucia Helena disse:
    22 de setembro de 2012 às 21:22
    Boa noite! queridos CV e irmãos

    Lúcia querida APDSJ!

    Verdadeiramente é isso, estás no Espírito, sobre o que coloquei ontem a dor, a tristeza do meu marido, 24 anos na ICM a alguns anos como pastor, ainda meio que atordoado com a saída, o momento é de buscarmos a Saúde Espiritual, como??? lendo as Escrituras e olha Lúcia que fico observando que até para ler a Palavra éramos acomodados e preguiçosos dentro da ICM, não existia tempo, com tanto fardo de atividades, tudo isso que aconteceu, agradeço ao Senhor pelo Pr. Mário ter colocado a boca no trombone, foi uma forma de sairmos, mesmo por dentro insatisfeitos, tristes, mas continuávamos lá na ICM, tentando mostrar para a Igreja que estava tudo bem, quanta tristeza meu Deus. Para falar a verdade não sei nem classificar o sentimento que existia dentro de mim.

    “roubatilhando” sua colocação Lúcia:
    “Ele quer nos curar seja onde for a nossa dor! Foi para isto que Ele veio – trazer a cura aos quebrantados e tristes de coração…

    O meu abraço mais que especial para você Lúcia.

    APDSJ!

  13. Flor de Liz disse:

    CV, irmãos à igreja reunida aqui:

    Estudando no momento as Escrituras, me deparei com o seguinte (1 Co 3.16, 17):

    “Não sabei vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós é santo.”

    Fomos criados a imagem e semelhança de Deus (Gn 1.26). Criados para o louvor da sua glória e fomos criados também para sermos sua habitação. Como filhos de Deus devemos espelhar a sua glória, sendo Seus imitadores. – “Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave” (Ef 5.1, 2).

    CV, o que vimos na ICM todo esse tempo, não há as semelhança nenhuma dos líderes da ICM, pastores com as devidas características do fruto do Espírito. O que vemos? homens destemperados, sem conhecimento Bíblico e sendo tratados como “deuses”.

    Fugir das obras da carne (Gl 5.19-21). Fizeram o contrário caíram de cabeça nas obras da carne, como pode CV um homem nestas condições estar a frente de um povo, mandando e desmandando? Tenho medo CV que o MP não cumpra o seu papel, de mostrar ao povo ( os que ainda não enxergaram a podridão existente na ICM ) que continuem iludidos com essa paranoia de obra, obra, obra – Obra de carne infelizmente. APDSJ!

  14. Lucia Helena disse:

    Boa noite CV e irmãos,
    Gostaria de deixar um olá, para a Flor de Liz.

    Querida irmã Flor de Liz,

    Estou muito feliz por você e seu esposo estarem juntos,determinados a buscar maiores conhecimentos, para assim crescerem e se aperfeiçoar.

    Bendito é o Nome do Senhor, pois Ele torna o que é ruim aos nossos olhos em coisas boas para nós… Esse é o caminho da Graça!! Nada fizemos por merecer, mas Ele nos dá simplesmente porque Ele nos ama. Isto é tremendo!!!

    Que você possa desfrutar a cada dia das novas descobertas que Ele lhe dará… Não acredito em coincidencias e sim no plano de Deus. Antes mesmos de você chorar, Deus já estava recolhendo suas lágrimas…

    Em Romanos 8:28 diz: “E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus,daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

    Uma semana abençoada para todos vocês.

    Saudações em Cristo!

  15. pr.eduardo gil vasconcellos disse:

    Diante de tanta coisa ruim que a seita herética construiu, fico alegre com as postagens de muitos irmãos e irmãs que saíram. Nota-se o crescimento e a libertação através das postagens.

    Embora a membresia foi enganada com a linguagem do não-pensamento, muitos se libertaram e muitos outros continuam neste preocesso de libertação.

    Parabéns CV pela sua luta de mostrar as heresia que a seita produziu nestes 43 anos de mentira. Foste valente CV. Hoje estás colhendo os fruto da tua perseverança. Que Deus te Abençõe!

    Um abraço fraternal a todos irmãos em Cristo!

  16. Flor de Liz disse:

    Amém Irmãos,
    Meu abraço fraternal à Lucia Helena.
    Obrigada pelo apoio, pelo carinho e pelas orações.

    Esta semana vou contar como começou minha experiência ao ler CV.

    APDSJ!

  17. Alandati disse:

    SOPA DE LETRINHAS COM INGREDIENTES DO CASO OBRA

    Meus amigos, a forma de linguagem é algo notável!

    Desde que mantidos os pressupostos do diálogo, quando um emissor da mensagem se faz entender, por meio de um código, chamado linguagem, pelo receptor da informação decodificada, está garantida a comunicação!

    Mais do que só emitir, a partir da afinidade daquele assunto, estabelece-se uma dinâmica de vai-e-vem de informação, a ponto de ambos os lados se enriquecerem com essa troca.

    Em não raras vezes, diante de acontecimentos marcantes e de notoriedade na vida das pessoas, neologismos se insurgem em meio à linguagem coloquial, aquela do dia-a-dia, e dependendo do universo de pessoas que participem daquele fato, todos poderão interagir, sem prejuízo do entendimento das mensagens, pois na verdade uma nova codificação de linguagem está estabelecida entre os participantes.

    Diante desse entendimento, é curioso perceber que novos códigos de linguagem surgiram em meio àqueles que perceberam a falácia que era a tal obra gedeltiana.

    Para este artigo, gostaria de destacar as inúmeras siglas que foram criadas, e que são repetidas, entendidas, e inovadas, para que a informação seja emitida com a maior celeridade possível, sem que tudo comprometa o bom entendimento por parte do público-alvo, icemitas, ex-icemitas, e ainda pessoas ligadas a icemitas.

    Bolei um texto que se utiliza de boa parte dessas siglas, as quais também assim ganharam monta, por causa da perversidade do sistema da obra, onde os nomes próprios, por exemplo, são evitados em ser mencionados, exatamente porque ainda prevalece um entendimento de preservação da obra, e do receio ainda de se infringir uma grande falácia, chamada “não toqueis nos meus ungidos”, nos casos dos nomes de pessoas, como que pudéssemos conceber que alguém tenha em si as características de um super-homem, e o pior, com o aval de Deus, que o teria ungido para isso!

    Vamos lá:

    GG criou uma OBRA, chamou de ICM!
    A OBRA de GG, ICM, não tem vida própria, mas é governada pelo PES! Por isso, a OBRA é disseminada por um instituição híbrida, chamada ICM-PES.
    Na OBRA, deus só atende a oração de quem faz o CPSJ!
    Ninguém lê as Escrituras de forma direta, mas é necessário se utilizar do MAL!
    Se você não tem entendimento de OBRA, você não exerce a LNP e nem respeita a política dos DONs!
    AA era o vice, que supostamente seria o mentor, em uma esquema de desvio de dízimos (em tese), contando com a ajuda de LA. Contudo, percebe-se que GG, na verdade, sempre esteve por trás da administração do PES.
    GG enriqueceu muito com a OBRA que criou, e ainda fez os seus familiares prosperaram muito financeiramente. Podemos citar: JG, HG e jG.
    AMD, PXT, WR e outros compadres, atuantes no sistema, também se beneficiaram e muito com a criação e manutenção da OBRA de GG.
    O CV, há algum tempo, começou a denunciar a realidade da ICM-PES! Utilizou a NET, para que a OBRA fosse desmascarada!
    Não satisfeita com o número de retirantes que aumentava a cada dia, o PES ingressou em juízo em face do GOOGLE, para tentar minar as denúncias do CV! Graças a Deus, não conseguiu!
    Ainda no afã de combater o CV, foi criado, a mando de GG, o blog do CVPFB! Um plágio escancarado e fajuto da página do CV, e que tinha como proposta única de defesa das heresias da ICM-PES!
    Depois de algum tempo, MM decidiu romper com o sistema OBRA, abandonando a ICM-PES!
    MM fundou a IEL, que se tornou uma cidade de refúgio para os retirantes da ICM-PES!
    GG e o PES, a partir da saída de MM, tomaram então um golpe fatal em suas pretensões de manter a LNP e a política dos DONs, visto que todos já começaram a questionar o sistema OBRA!
    Hoje, deparamo-nos com o sistema OBRA de GG falido, a ICM-PES está cada vez mais desacreditada, pois não foi só AA e LA, aparentemente, que cometeram delitos (em tese), mas foi descoberta uma gama de heresias, tais como MAL, CPSJ, MsG, LNP, DON.
    Ainda há investigações, no âmbito criminal, onde os órgãos JE, MPE, PC, JF, MPF, PF, RFB e outros estão debruçados em inúmeros documentos que comprovam as manobras de GG, AA, AMD, LA e outros!
    Quem sabe daqui a pouco, veremos tudo estourar na mídia, nas mais diversas emissoras, mas dentro do contexto de siglas, destacaria o SBT!

    Gostaria ainda de usar a criatividade para tentar definir, se OBRA fosse sigla, possíveis significados:

    (O)ntem (B)abaca, (R)etirante (A)manhã;
    (O)rientações (B)estas que (R)everenciam a (A)postasia, ou também
    (O)ra (B)astante, mas o (R)etorno é (A)usente, ou ainda (O)breiro (B)obo na (R)evelagem (A)credita!

    Bem, depois do texto codificado acima, há duas hipóteses do leitor específico:

    1) Se entendeu tudo, pode-se dizer que esta pessoa faz parte daqueles que estão interessados em acompanhar, ou ao menos estão pesquisando todas as coisas que envolvem o caso de escândalos da ICM-PES, ou
    2) Se não entendeu nada, tem grande chance de ser um formatado, que anda como cego, com crença em Papai Noel, coelhinho da Páscoa, ou qualquer outra falácia, que é bonita, colorida, infantil, mas que traz grande influência negativa para quem acredita.

    De qual lado você está?

    A Paz do Senhor Jesus!

  18. Boa-fé disse:

    Alandati,

    Gostei do significado das siglas.

    Poderia batizar de código morse da “obra”. O que acha?

  19. Alandati disse:

    ATENÇÃO ICEMITA: DESLIGUE O PILOTO AUTOMÁTICO!

    Este artigo se baseia no texto do psicólogo e hipnoterapeuta Marco Paulo Alvim Reis, encontrado na internet, cujo link se encontra abaixo:

    http://www.hipnose.info/

    Do referido texto, gostaria de destacar alguns pontos que são interessantíssimos, e logo após, faço um paralelo com tudo que fomos levados a viver na seita icemítica:

    1) Já no primeiro parágrafo, o profissional de psicologia e hipnólogo afirma que “a hipnose é um estado da mente que todos nós experimentamos, naturalmente, ao longo do dia. Por exemplo, ao dirigir o carro, você pode não se lembrar que está dirigindo, como se estivesse no piloto automático.”.

    Isso quer dizer que a hipnose não depende do hipnotizado querer tal processo, pois isto, segundo o autor, é NATURAL!

    Diante dessa afirmativa, e do exemplo citado que é o do piloto automático do veículo, mostrando que aquilo que estamos, digamos assim, acostumados a realizar, poderiam desencadear em nós atitudes que resultem períodos de hipnose, a ponto de não meditarmos mais naquilo efetivamente que estamos fazendo para aquele momento!

    O autor ainda arremata com uma declaração bombástica:

    “Em qualquer circunstância onde seja necessária uma grande concentração, automaticamente você se transfere para um estado hipnótico natural.”!

    Desse ponto em destaque, deduzimos então que, naturalmente, somos suscetíveis ao estado hipnótico, principalmente para as coisas que fazemos mecanicamente!

    Meus irmãos, é perfeitamente coerente então perceber que fomos como que hipnotizados em realizar diariamente as mesmas coisas, fazendo desencadear um processo de acionamento do piloto automático, e que na verdade, demonstravam que os pormenores dos nossos atos, na seita, mesmo que estivessem confrontando com a Palavra de Deus, atendiam ao comando do hipnólogo (o grande gedelspapa).

    Vamos detalhar os atos de um culto da maranata, para tentarmos evidenciar isso:

    Coloca-se de joelhos, a pedido de um irmão, que apenas varia pouco o seguinte corpo de palavras: “Eu saúdo a todos com a Paz do Senhor Jesus. Convido àqueles que puderem a se colocarem de joelhos, para fazermos o clamor”. Depois, que todos se ajoelham, voltados para o púlpito (dogma), o obreiro à frente também se ajoelha, de preferência também voltado para o púlpito, e inicia a “reza”, que tem que necessariamente mencionar o “sangue de jesus”, sob risco da oração não ser aceita por Deus (antibíblico), e depois de fazer tal menção, profere algumas breves palavras, mas que citam o perdão, a comunhão, a visitação do Senhor, por meio daquele clamor que está sendo feito. Após, o clamor, o obreiro pede para que todos se coloquem assentados, e pede o primeiro louvor da lista, que está previamente definida, e que está em sua posse e dos instrumentistas. Após o primeiro louvor, é solicitada uma palavra de glorificação ao Senhor. Um dos irmãos, dentre aqueles que sempre se levantam naquela unidade local, alternando apenas a ordem, profere as palavras que também fazem parte de um corpo denifido e esperado de repetições, chegando ao ponto de todos já saberem, “agora ele ou ela vai falar isso, depois vai falar aquilo…”. O irmão ou irmã senta e pede-se o segundo louvor, aí o estresse daquele início já passou, o suor já não está pingando mais na testa, e o obreiro, mais calmo, vai intercalando um louvor ou dois com pedidos de palavra de adoração por parte dos irmãos, mesmo que não sejam escolhidos, mas sempre dentro daqueles que levantam constantemente para glorificar, até ser rendido pelo mensageiro da palavra revelada, recheada com mistérios além da letra (heresia), e que tem um caráter bem claro e certo, o de evocar e adorar o deus “obra” (heresia). O detalhe é que a ordem é que se mantenha sempre um louvor de fundo, solado de maneira suave, para “emoldurar” a mensagem “maravilhosa”, e de preferência aquele mesmo que será entoado no fim da mensagem, no intuito de sacramentar o que foi dito, e fechar com “chave de ouro”. Para ainda ficar melhor, o pregador de revelagem (heresia) entrega um monte de profetada (heresia) que chegam na membresia como grandes batatadas nas faces, e que foram retiradas do “saco de batatas”, preparado na reunião de pré-culto (desconhecida biblicamente), após um uso exacerbado da bibliomancia (heresia)!

    Quer sintoma de hipnose maior do que este? E tudo feito no piloto automático! O pior, é que eu dei exemplo do culto, mas as reuniões no geral, na icm, madrugada, reunião das senhoras, reunião de obreiros, visitas, cultos proféticos, etc., seguem um padrão ritualístico muito parecido, com uma estrutura principal sempre mantida, apenas apresentando algumas variações, dependendo de cada classe.

    2) A hipnose é utilizada para diversos fins terapêuticos, inclusive sendo apresentado no texto em comento um quadro com descrições dessas aplicações, contudo, gostaria de destacar as que dizem respeito à: a) mudança de hábito e b) de comportamentos de adultos e crianças.

    Na obra, todos os hábitos e comportamentos são diferentes de todas as outras pessoas, cristãs e não cristãs. Lembram daquele exemplo da criança que não quis participar de um evento na escola, e ainda declarava, segundo a historinha que contaram, meio embolado, que era “maranata”? Pois é, desde pequenos, todos na obra são formatados, agora, dentro do contexto aqui apresentado, parecendo hipnotizados, para não utilizarem mais a razão e sim a revelação (heresia, porque a Bíblia já é suficientemente revelada, pois as Escrituras nela contidas são inspiradas por Deus). Mais uma vez, o piloto automático funciona!

    3) O texto fornece um dado oficial, quando declara que “De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 90% da população mundial pode ser hipnotizada.”!

    O que muitos falavam sobre hipnose, que só é hipnotizado quem quer, não está muito coerente com o dado fornecido pela OMS – Organização Mundial de Saúde, pois a grande maioria (90%) da população pode ser hipnotizada.

    Partindo então do conceito que já aprendemos acima, itens um e dois, chegamos a uma conclusão que uma grande massa pode sim ser hipnotizada, e ser induzida a cometer práticas mecanicamente, por alguém que tenha o domínio dessa técnica, chamada hipnose.

    Nesse ponto, chegamos ao outro destaque:

    4) “Com a hipnose, pode-se prestar ajuda efetiva àquelas pessoas que possuem medo de dentista, ou que se sentem incomodadas, tensas, nervosas e ansiosas durante o tratamento odontológico.”.

    O nosso comendador é dentista aposentado! E segundo informações seguras, ele foi servidor da Marinha, e enquanto dentro da incorporação, aprendeu sim técnicas de hipnose, para utilizar em seus pacientes. O que nos garante que não esteja usando na membresia?

    Certa vez, um irmão, ciente da informação de que poderia estar sendo alvo de hipnose dentro da seita icemítica, mostrou um dos vídeos do youtube, possivelmente um daqueles que foram “inexplicavelmente” retirados da rede, onde o comendador era o palestrante, para uma psicóloga, conhecedora da teoria da hipnose. O veredicto dela foi que realmente, aquelas falas, acompanhadas de mudanças de tom de voz, musiquinha no fundo, movimentos aleatórios, e carregada de repetições de termos, traziam fortes indícios de que aquele público estaria sendo hipnotizado!

    Bem, resumindo então o fato que estamos querendo trazer aqui, nós não estamos afirmando categoricamente que há hipnose nas divulgações de doutrinas na icm, mas por tudo que foi exposto, e da forma como foi apresentado o tema, podemos afirmar sim que o icemita formatado, que serve na maranata, tem vivido com o “piloto automático” ligado, com relação às práticas dentro da denominação, podendo levar ao entendimento que esteja em estado constante de hipnose natural, como descreveu o autor.

    Alerto até que cada caso é um caso, e a procura por um profissional da área seja o mais recomendável, pois alguns são mais suscetíveis outros menos ao processo de hipnose.

    Mas uma coisa, então, podemos dizer aos nossos irmãos icemitas:

    Desliguem o piloto automático! Vivam o Evangelho como ele é! Não acreditem em tudo que te falam, e da forma como te falam, pois pode haver má intenção nisso!

    Se vocês se entregarem integralmente a Jesus, não correrão esse risco, de serem hipnotizados! Ele, ao contrário de gedelspapa e de seus discípulos, não tem nenhuma outra motivação senão levá-lo para a Eternidade com Ele!

    Pensem nisso!

    A Paz do Senhor Jesus a todos!
    .
    .
    Publicado em

    http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/10/03/atencao-icemita-desligue-o-piloto-automatico/

    http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/atencao-icemita-desligue-o-piloto-automatico/

  20. Pingback: COM A FACA E O QUEIJO NA MÃO! | Diga não àSeita

  21. Pingback: TELA FRIA: TRANSMISSÕES GELADAS DAS SEGUNDAS-FEIRAS! | Diga não àSeita

  22. Alandati disse:

    TELA FRIA:
    TRANSMISSÕES GELADAS DAS SEGUNDAS-FEIRAS!

    Meus irmãos, aproveitando que hoje é uma segunda-feira, dia da transmissão via chatélite de perguntas, do tipo Mobral, para as escolas bíblicas dominicais, reunião das senhoras, reunião de jovens e obreiros, aula de crianças, aula de intermediários e aula de adolescentes, além do culto no lar, gostaria de relatar um fato interessante que passei enquanto ainda frequentando a seita, e diga-se de passagem, debaixo ainda do efeito da Linguagem do Não-Pensamento (http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/11/a-linguagem-do-nao-pensamento/):

    Certo dia, viajando pelas bandas de Vila Velha, encontrei um amigo que era de uma unidade local da seita, de onde fizemos parte juntos. Esse amigo que encontrei é casado, tem dois filhos, vive direitinho com a esposa, é honesto, trabalhador.

    Ele tem uma característica peculiar que é gostar de uma boa prosa, e apesar de estar a caminho de algum compromisso, por não vê-lo há muitos anos, resolvi dar a devida atenção, e foi aí que ele declarou que havia saído da seita.

    Eu me espantei, pois jamais imaginaria que ele sairia de lá com toda a família; e ao mesmo tempo, preocupado com aquela situação, com a minha mente impregnada de heresias, temia por enfermidades, acidentes, dificuldades, violência, sobre a sua família, e aí relaxei e me pus a ouvi-lo, e claro, como bom formatado, para logo depois tentar convencê-lo a voltar, e provar para ele que o que estava fazendo era a pior burrice de sua vida, e que isso traria imensos prejuízos a sua família. Que surpresa que me esperava!

    Esse irmão não tem muito estudo, mas abordou um assunto que eu tive que concordar e permanecer calado, inclusive tendo que sinalizar positivamente para o que ele me falou.

    O que de fato ele me falou eu declaro agora:

    “Irmão, eu sou do tempo em que a coisa precisa ser olho no olho, no teti-a-teti, então esse negócio do pastor estar ausente da igreja e colocar uma tela fria para falar com os irmãos não tem cabimento! O pastor precisa estar junto com as ovelhas, sentindo a necessidade delas, agindo conforme o que aquela igreja precisa! E outra coisa, esse negócio de repetir as coisas, parecendo que somos débeis mentais, não é bom para nós! Aquelas perguntas são umas babaquices! Ninguém aprende nada! E o pior, se tem dúvidas, ninguém tem coragem de se levantar e questionar! É muita frieza esse negócio de transmissão, e aí eu não aguentei e saí. Estou indo em uma outra denominação com a minha família!”.

    Irmãos, eu pensando que iria convencê-lo a voltar, logo após ouvir o que tinha para falar, e o argumento dele foi tão forte, tal qual o meu pensamento a respeito do tal chatélite, que me senti envergonhado em ainda permanecer em um lugar que procedesse com tal descuido e desprezo com a membresia!

    Por certo, naquele dia, tomei uma “paulada” tão grande, que sai meio tonto! Eu ainda tentei teimar e argumentei:

    – A obra é dinâmica! Nós não fazemos o que queremos, pois tudo é revelado por Deus! Eu também concordo com o irmão, pois tem razão, mas a revelação de Deus é outra e blá, blá, blá”, mas tive, Graças a Deus, um insucesso nessa minha empreitada de convencê-lo a repensar e retornar para a seita.

    E olha que ele nem sabia, àquela altura dos fatos, que todos os equipamentos da tal transmissão tinham forte suspeitas de terem sido trazidos do exterior por intermédio do delito de descaminho!

    É, o meu amigo estava certo, e apesar de não ser tão letrado quanto eu, referindo-me exclusivamente à formação acadêmica, enxergou algo tão simples, mas certeiro a respeito do chatélite.

    Mas, agora entrando propriamente no trabalho do chatélite, não há como entender tamanha insanidade:

    – fruto de delito (em tese) de descaminho;

    – ninguém aprende absolutamente nada, pois tudo é direcionado a uma única resposta, não sendo abertos para questionamentos de pensamentos diferentes;

    – as repetições são tão maçantes, que o sujeito parece que tem o cérebro transformado em uma geleia, de tão pastoso e sem funcionalidade;

    – não há o olho no olho, como meu amigo falou, demonstrando sinceridade nas palavras;

    – com o passar do tempo, os “atores” da transmissão via chatélite estavam preocupados mais com posição de câmeras, enquadramentos, maquiagem, figurino, etc, e muito pouco com o conteúdo em si dos estudos;

    – os conteúdos são extremamente ralos sobre a Palavra de Deus, e o que impera é a disseminação ampla e irrestrita do MAL – Mistério Além da Letra, recheado de alegorias, próprias da seita herege (http://diganaoaseita.wordpress.com/desvendando-o-mal-misterios-alem-da-letra/);

    – As sugestões de mensagens transmitidas via chatélite só têm de opcionais o nome, pois, para os obreiros, não são sugestões, e sim obrigações em ser citadas, pregadas, repregadas, repetidas, e replicadas (http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/03/o-ministerio-papagaio-de-pirata/);

    – Extremamente previsíveis, pois o indivíduo que participasse da reunião de jovens e obreiros, ouvia a mesmíssima coisa na EBD. Isso quando o assunto não se perdurava por um mês ou mais. Cito ainda aquele gráfico de um arco, que ia desde a eleição até o chamado, e outro do chamado em diante, citando soberania de deus, santificação, etc….Ninguém aguentava mais ver e ouvir aquilo!

    – Criava discórdia, competição e ciúme entre os obreiros, pois já participei de reuniões que se destinavam primordialmente em detonar um que teria descumprido o rol de “sugestões” da transmissão via chatélite;

    – os pastores das unidades locais vivem mais viajando para os seminários, à procura de sugestões e de estarem antenados com o chatélite do que estarem atentos e conhecendo as necessidades da membresia.

    Bem, fica então a pergunta: se na obra tudo é revelado, por que Deus não saberia que esse trabalho seria tão infrutífero, chato mesmo, e ainda ter sido implementado por uma via não legalizada, que seria a importação regular no país, como é objeto de investigação sobre o descaminho (em tese) praticado?

    É por esses e outros motivos é que fazemos a comparação com a TELA QUENTE, das segundas-feiras, e encontramos mais um apelido para o nosso chatélite, o de TELA FRIA! Mas é muito fria! Bota fria nisso! CONGELADA!

    A respeito dos que ainda insistem em defender um veículo duvidoso, que supostamente tenha sido montado por descaminho, deixo um texto:

    “Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?”. Tiago 3:11

    .A Paz do Senhor Jesus!

    Alandati

    Publicado em http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/10/22/tela-fria-transmissoes-geladas-das-segundas-feiras/

  23. Joseil Neves disse:

    É incrivel como somente depois de sair dequele meio foi que o Senhor me alcançou, me deu libertações e me ensinou a amar o Senhor Jesus. Isso é um fato. lá, com todas as “madrugadas, jejuns, cultos ao meio-dia, preparaçção de culto, etc,”eu nada conseguia e não entendia que estava buscando merecer alguma coisa de Deus. Agora eu entendo o que é salvação pela GRAÇA.
    .
    .
    MARAVILHOSA GRAÇA

    1.Maravilhosa graça! Maior que o meu pecar!
    Como poder cantá la? Como hei de começar?
    Pois alivia minha alma, e vivo em toda a calma,
    Pela maravilhosa graça de Jesus!

    CORO
    Graça! Quão maravilhosa graça de Jesus!
    Alta como o firmamento, é sem fim!
    É maravilhosa, é tão grandiosa,
    É suficiente para mim!
    É maior que a minha vida inútil,
    Bem maior que o meu pecado vil.
    O nome de Jesus engrandecei
    E Glórias dar!

    2. Maravilhosa graça! Traz vida perenal!
    Por ela perdoado, vou à mansão real.
    Sou livre do pecado, gozo de Deus amado.
    Pela maravilhosa graça de Jesus!

    3. Maravilhosa graça! Quão ricas bênçãos traz!
    O seu poder transforma o pecador falaz.
    Sou salvo de verdade, por toda a eternidade,
    Pela maravilhosa graça de Jesus!
    .

    .
    CV.

  24. CV,

    A maranata sempre inculcava em nossas mentes que nós não somos deste mundo. Sempre distorcendo as palavras de Jesus.

    Quando Ele diz “O meu reino não é deste mundo…” Ele declara que tem um reino diferente do reino deste mundo. Jesus veio da eternidade e para lá voltou enquanto, que, nós fomos feitos do pó da terra e para ela voltaremos como afirma a Bíblia.

    Mas a seita maranata, insiste em querer nos convencer de que somos ETs. Claro, fazendo com que assim, não precisemos nos preocupar com as necessidades físicas, afetivas, emocionais, sociais e econômicas, voltando toda a nossa preocupação e esforço para a obra(aquela que eles dizem que veio da eternidade).

    Uma forma de alienação maligna.

    Outra coisa que faziam era usar os jargões do tipo: “fulano tem razão, só não tem revelação”, “o homem vive na razão.” Com isso, desprezavam a nossa razão como se ela não tivesse nenhum valor, fazendo-nos viver em função da revelação. Uma verdadeira arapuca para nos dominar.

    Nós não podemos usar a razão pra conduzir nossas vidas mas eles, o pes, podem usá-la muito bem para cometer crimes a exemplo dos cinco que os Promotores Estaduais já identificaram?

    Vou até listá-los aqui:

    -estelionato;
    -formação de quadrilha;
    -falsidade ideológica;
    -lavagem de dinheiro;
    -crime contra a ordem tributária.

    Ou será que para cometer esses crimes(em tese), eles usaram a revelação a invés da razão?

    De uma coisa eu sei. Agora, vamos usar nossa razão para ajudar a desmascarar esta seita.

    Que alívio estar fora desta seita maligna!

    A nossa razão é um presente de Deus para nós. É ela que nos faz diferentes de todas as outras criaturas de Deus e ele chega a nos pedir que a usemos para o culto ao seu nome.

    “Rogo-vos, pois irmãos, pela compaixão de Deus , que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.” Romanos 12:1

    Como então desprezar aquilo que é agradável a Deus?

    A paz do Senhor Jesus.

    Eurípia Inês.

  25. Alandati disse:

    Gostaria de participar aos irmãos do blog a respeito de um documentário antigo, da Discovery, denominado serial killer (matador em série), que apresentou um caso interessantíssimo.

    É relatado que, no verão de 1969, no deserto da Califórnia, Charles Manson, como líder de uma seita formada por adolescentes de classe média, que se escondia da sociedade em um set de filmagens abandonado, lidera procedimentos que por fim culminaram em assassinatos em série.

    Os cientistas queriam descobrir se alguém teria alguma coisa especial que pudesse convencer o outro que uma coisa estaria certa, mesmo quando todos soubessem que ela estaria errada, visto que o líder manipulava mentalmente os seus seguidores.
    O questionamento principal era: se pessoas comuns poderiam ser levadas à conformidade sob certas circunstâncias?

    É muito interessante ver os testes aplicados.
    Os resultados demonstram que o Fenômeno do Pensamento de grupo fazia com que 75 % dos testados negassem o que estavam vendo e entravam em conformidade com o que a unanimidade respondia a respeito de um determinado assunto.

    Charles Manson fisgava os seus seguidores por meio de uma pregação, denominada por “Helter Skelter”, que versava sobre o início de uma guerra apocalíptica global.

    A estratégia era promover “profecias do caos”, tais como a ocorrência iminente de revoltas, pessoas matando todas as outras, conflitos raciais, para que todos quisessem fazer parte dos sobreviventes, no caso, da seita dele, junto com seus seguidores. Era apresentado portanto o único escape para o fim.

    Veja o depoimento transcrito de uma delas: “Eu tinha que acreditar nisso, porque não queria ser deixada para trás, para morrer com o resto nas cidades em chamas. Eu queria ser sobrevivente, e por isso todos lá queriam fazer parte daquela coisa enorme que estava acontecendo. Mas a marca registrada de toda seita é essa: o líder é o único que fala com Deus e sabe o que vai acontecer. Se o seguidor não obedecer, não vai sobreviver.”.

    Três anos falando que o mundo iria enlouquecer, e os seguidores não contemplavam isso, e aí poderiam colocar em xeque tudo que estava sendo falado.
    Temendo perder o controle dos discípulos, Charles Manson decidiu derramar sangue, sem manchar as próprias mãos. Seus seguidores, adolescentes de classe média, mataram, por escolha do líder, que apontou vítimas de cor branca, e ricas, no intuito de colocar a culpa na população negra local. Assim as suas teorias seriam acreditadas, e os discípulos não abandonariam a seita.

    Em 08/08/1969, três discípulos de Manson foram chamados por ele, quando foi dada uma arma de fogo na mão um deles. Os seguidores da seita recebiam ordens constantemente de como se defender e atacar em caso de batalhas com lutas corporais, e portanto já estavam destros no uso de facas, e em técnicas de imobilizações e torturas.

    Em um só final de semana, foram mortas sete pessoas pelos adolescentes.

    Depois, outros foram também alvos fatais dos seguidores da seita de Manson.

    A grande questão a ser estudada pelas autoridades, depois da descoberta dos crimes, foi a de como responsabilizar o líder pelas ações decorrentes de uma possível “lavagem cerebral”, mesmo ele não estando presente nas cenas dos crimes!

    O rei, ditador da família, como era conhecido Manson, mesmo atrás das grades, comandava os seus seguidores, que insistiam em livrá-lo da autoria dos crimes praticados.

    Um depoimento de uma outra ex-seguidora dizia: “Eu achava que ele era mágico, carismático, anjo, que conseguia ler as mentes e sabia tudo, alma pura, divertido, mas ao tomar conhecimento dos assassinatos, e vendo as pessoas rindo, ao verem o noticiário, vi que alguma coisa estava errada, e fiquei assustada. Logo depois, ouvi da boca dos “irmãos” da seita, que teriam confessado no “retiro” que haviam cometido a carnificina. Entendi que teria que fugir dali!”.

    Em conversa com o pesquisador, a mulher chegou ao entendimento que, por ser mais humana, e não entender o porquê de machucar as pessoas, ela pôde se desligar da maldade que estavam sofrendo as mentes dos seguidores daquela “família”, uma espécie de codificação entre eles, parecendo ser um ambiente familiar.

    O documentário conclui que Manson sabia direitinho como agir na escolha dos membros, que sucumbiriam a sua implacável manipulação. Indivíduos que seriam capazes de justificar a dor do sofrimento de outros em nome da causa de Manson.

    É ponderado também que os “limites morais” impediram a corrupção dessa ex-seguidora, que conseguiu fugir do acampamento da seita.
    Ela foi ameaçada de morte pelos seguidores da seita, manipulados pelo líder Manson, e vivia aterrorizada com a possibilidade de ter a sua família morta.

    Meus irmãos, guardadas as proporções, e abstraindo um possível exagero da seita de Manson, há muitas semelhanças com o que vivíamos na seita tupiniquim.

    As semelhanças são assustadoramente flagrantes a respeito da manipulação mental que sofremos e infelizmente alguns ainda sofrem!

    Aí está o link do documentário:

    Cheguem às suas conclusões…
    Na obra, nada se cria, nada se perde, tudo se copia.
    Foge dela, povo meu!
    A Paz do Senhor!
    Alandati.

    Publicado no artigo de página NA OBRA, NADA SE CRIA, NADA SE PERDE, TUDO SE COPIA em http://diganaoaseita.wordpress.com/na-obra-nada-se-cria-nada-se-perde-tudo-se-copia/comment-page-1/#comment-1399

  26. Lucia Helena disse:

    Olá ! irmãos,

    Estou vendo na TV fechada o canal History o documentário sobre ” As Doutrinas Nazistas”.

    Muitos comportamentos dessa ideologia politica tem tudo a ver com a ICM.É assustador!!!

  27. Pingback: PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA EM FACE DA MONARQUIA DA OBRA | Diga não àSeita

  28. Pingback: Discriminação, narcisismo e orgulho religioso.

  29. Pingback: MENE, MENE, TEQUEL, PARSIM

  30. Pingback: NOTA À IMPRENSA

  31. Pingback: Já está posto o machado à raiz das árvores…

  32. Pingback: Beco sem saída

  33. Pingback: Não se turbe o vosso coração…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s